NOSSAS REDES

ACRE

Rio Tarauacá sai da cota de transbordo e famílias começam a retornar para casa no interior do Acre

PUBLICADO

em

O nível do Rio Tarauacá, na cidade que leva o mesmo nome, no interior do Acre, continua baixando e já saiu da cota de transbordo, que é 9,50 metros. Nesta quinta-feira (31), o manancial marcou 8,56 metros. Com a vazante, algumas famílias já começam a voltar para suas casas.

O rio ultrapassou a cota de transbordo às 9h de domingo (27). Pelo menos 4,9 mil casas foram atingidas pelas águas do manancial em quatro bairros: Centro, Senador Pompeu, Flores e Triângulo. São pelo menos 15 mil pessoas nesses bairros atingidos.

A enchente desabrigou 87 pessoas que foram levadas para duas escolas da cidade. Ao G1, o comandante do Corpo de Bombeiros da cidade, tenente Marcos Corrêa, explicou que as famílias já iniciaram as limpezas das casas e são auxiliadas por equipes de bombeiros e da Defesa Civil Municipal.

“Temos algumas ruas ainda alagadas, mas não é pelo fato do nível do rio. A água entra e tem certa dificuldade para evacuar, mas acredito que, no máximo, até amanhã [sexta-feira,1] todas as ruas estarão sem água”, resumiu.

Ruas de Tarauacá ainda tem água, mas nível do rio já saiu da cota de transbordo  — Foto: Jardy Lopes/Rede Amazônica Acre

Morte de carpinteiro

Na tarde de terça-feira (29), o carpinteiro José da Cruz Teixeira, de 48 anos, morreu após receber uma descarga elétrica ao encostar em um poste de energia do bairro Senador Pompeu, um dos atingidos pela enchente do rio.

A vítima tinha chegado de Goiânia (GO) recentemente, onde trabalhava, para passar o fim de ano com a família no interior do Acre. Ele estava com parentes no Centro da cidade.

Segundo a família, Teixeira foi ajudar outro morador a sinalizar a rua e avisar para a população que o poste estava dando choque. Acidentalmente, o carpinteiro encostou no poste elétrico e recebeu a descarga.

A família da vítima informou também que a Energisa desligou parte da rede elétrica dos bairros inundados pelo rio e que já tinha informado sobre a situação do poste de energia.

Em nota, a empresa informou que suspendeu o fornecimento de energia elétrica apenas em parte dos bairros Senador Pompeu e Triângulo atendendo a critérios de desligamento.

“Os desligamentos ocorrem somente nos locais onde são atingidos os critérios para suspensão do fornecimento de energia. A iniciativa visa garantir a segurança da população e das equipes que estão trabalhando nos locais”.

A Energisa diz que acompanha junto às autoridades a investigação sobre as causas do acidente. “A Distribuidora reforça que qualquer contato com a rede elétrica oferece risco e, durante uma enchente, esse perigo aumenta, podendo ocasionar acidentes fatais”, afirma.

A empresa pede que em caso de dúvida sobre os locais que estão desligados ou sobre o que fazer ao ver um cabo partido ou qualquer outro risco de choque elétrico, entre em contato através do 0800-647-7196.

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS