NOSSAS REDES

MUNDO

Russo encontra os restos mortais do ex-marido da mulher no jardim

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um habitante da região russa de Omsk, na Sibéria, revelou por acaso um assassinato cometido há mais de duas décadas, isto ao se deparar, no jardim de casa, com restos do esqueleto do ex-marido da sua mulher, informaram na terça-feira (5) as autoridades russas.

Um russo estava plantando batatas no jardim de casa quando fez o macabro achado. O caso ocorreu no dia 23 de maio, na cidade Luzino, na região de Omsk, de acordo com um comunicado oficial.

Segundo detalhes revelados pela imprensa local, o homem encontrou inicialmente apenas alguns ossos, mas, ao continuar escavando, encontrou um crânio humano. Chocado com a descoberta, correu contar à mulher. Entretanto, para sua surpresa, ela disse que se tratava dos restos do ex-marido, que tinha morrido durante uma discussão em 1997.

“Não se preocupe, é apenas o meu primeiro marido”, disse a mulher, de 60 anos, que recomendou ao marido que voltasse a enterrar os ossos e esquecesse o assunto. Aterrorizado, o homem informou a polícia sobre o que tinha descoberto.

Durante um interrogatório, a mulher relatou que tinha matado seu ex-marido com um machado, depois de uma discussão que envolveu humilhações e maus-tratos físicos. Ao ver que após o golpe o marido não dava sinais de vida, a mulher decidiu esquartejar o cadáver e escondê-lo no quintal.

Como a vítima não tinha outros familiares, seu desaparecimento não foi denunciado por ninguém. A polícia abriu um inquérito por homicídio. Por Ciberia // EFE / ZAP

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat