NOSSAS REDES

ACRE

Suspeito de duplo homicídio contra os pais tem 34 anos e sofre de esquizofrenia

PUBLICADO

em

O autor do homicídio praticado contra os pais, Alisson Vieira de Araújo, conhecido como Téo, tem 34 anos de idade e, segundo familiares, sofre de transtornos mentais (esquizofrenia). Na manhã desta quinta-feira (12), Téo foi localizado e preso na altura do quilômetro cinco da BR-364, completamente despido e caminhando sem rumo.

As vítimas identificadas por, Durval Batista de Araújo, 78 anos e Diva Vieira de Araújo, 75 anos de idade, foram mortas a facadas. Os corpos foram localizados dentro de casa, na Travessa Otávio Aquino, bairro Centro Social Urbano, por uma filha do casal.

Segundo consta, o portão da casa estava fechado e ao pular o muro, a filha que não teve o nome divulgado, encontrou os pais já sem vida na sala da casa. A PM apreendeu uma faca suja de sangue no local.

O rapaz acusado disse ao comandante da PM, Major Michel Casagrande, que um cachorro pediu para ele matar os pais, o que demonstra o distúrbio do homem, que sofre de esquizofrênia.

O autor se encontra na Delegacia aguardando os procedimentos cabíveis, apos ser examinado no hospital de Sena Madureira. “Ele apresenta alguns ferimentos pelo corpo”, disse o Major Michel Casagrande. Os corpos das vítimas estão em poder do IML em Rio Branco para ser examinado.

“Meu irmão é doente. Ele seria internado no Hosmac na próxima semana”, disse uma irmã da vítima que também já foi agredida por Téo.

A tragédia familiar se caracteriza como a mais grave da história recente de Sena Madureira e deixou chocada a opinião pública local.

ALDEJANE PINTO

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat