NOSSAS REDES

ACRE

Suspeito de matar tatuador em festa de aniversário no AC é preso após se apresentar à delegacia e confessa crime

PUBLICADO

em

Um jovem de 19 anos suspeito de matar o tatuador Vicente Bonaparte Mendes a tiros no dia 24 de fevereiro deste ano, foi preso pela Polícia Civil nessa sexta-feira (20), após cumprimento de mandado de prisão. Ele se apresentou à Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) com um advogado e confessou o crime.

O tatuador foi assassinado durante a comemoração dos seus 32 anos em uma casa no bairro Sobral, em Rio Branco. Segundo informações da polícia na época, o aniversariante se desentendeu com um convidado da festa, que sacou uma arma de fogo e deu vários tiros contra ele.

Essa versão foi confirmada pelo suspeito. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito disse em interrogatório que três meses antes do crime, teve uma desavença com Mendes e chegou a ser ameaçado de morte. Na festa de aniversário, ele afirmou que tiveram um outro desentendimento e acabou desferindo os tiros contra a vítima.

Ainda conforme a polícia, o suspeito tem duas passagens pela pousada quando era menor de idade.

Segundo informações registradas no Centro de Operações Policiais Militares (Copom), uma vizinha informou que cedeu a casa para Mendes fazer a festa de aniversário e que ele convidou alguns amigos. Em determinado momento, houve uma confusão e foram ouvidos vários disparos de arma de fogo.

Foi então que as pessoas começaram a correr para fora da casa e perceberam que o aniversariante estava ferido com dois tiros. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, prestou os primeiros socorros e levou o rapaz para o pronto-socorro de Rio Branco.

Ele foi atingido por um tiro na região do tórax e outro no braço. Ao chegar no hospital, a vítima não resistiu aos ferimentos.

Com informações de G1Acre

Junte-se a 42.938 outros assinantes

MAIS LIDAS