NOSSAS REDES

ACRE

Uma greve com dias contados para nem começar: Sintesac já teria se entendido com governo

Folha do Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um movimento fraco
Nem mesmo começou a greve do setor da saúde no Acre e já tem dias para acabar. Algumas pessoas do próprio sindicato se queixando que a diretoria entrou fraca nas negociações.
Com data para nem começar
O movimento de greve decidido a vários dias será deflagrado hoje porém de forma fraca. Tudo indica que a diretoria já se entendeu com o governo. Complicado para a categoria.
Como?
O presidente do sindicato afirmou a esta colunista que a paralisação marcada para às 9 horas de terça-feira (2) estava mantida e que a categoria decidiria pela greve ou não. Como assim?
Sem essa
Obviamente que é bom ter cautela, principalmente em um começo de gestão onde o atual governo pegou um estado quebrado, mas o sindicato não pode ser um puxadinho do Executivo. Tem que ter pauta própria.
Dias contados
O secretário de Produção e Agropecuária, Paulo Wadt, tem os dias contados no governo estadual. Trombou de frente com tucanos de alta plumagem e vai descobrir como a banda toca no Acre.
Reclamações da SEE
Continuam as reclamações de que a Secretaria de Educação virou uma espécie de ‘casa da mãe Joana’ onde, segundo fontes, todo mundo manda mais que o secretário.
Eminência parda
Não é de hoje que pessoas de dentro da própria secretaria reclamam das ingerências da esposa do secretário Mauro Sérgio, que é uma espécie de eminência parda com amplos e astrotosféricos poderes.
Desanimador
A SEE é uma pasta importante demais para ficar sendo gerida de qualquer jeito. Complicado e desanimador este tipo de informação.

Não mostraram a que vieram
Alguns deputados estaduais ainda não mostraram a que vieram no que tange à defesa dos interesses do povo, mas se mostram ágeis em defesa do interesse próprio.
Nem disfarçam
Impressionante como nem disfarçam quando trabalham apenas em causa própria procurando em desespero as benesses da estrutura do Legislativo.

Esperando o governador
Tão logo terminou a coletiva de Gladson Cameli na manhã de segunda-feira (1) e na antessala se encontrava esperando com ansiedade o governador os atender os deputados Ghelen Diniz, Neném Almeida e Chico Viga.
Ghelen Diniz
Dos três, apenas Ghelen deveria ser presença mais comum na Casa Civil por ser o líder do governo.

ACRE

Terça-Feira Quente E Seca No Acre

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No Acre, tempo bom, quente e ensolarado, mas ventilado. Pequena probabilidade de ocorrem chuvas rápidas e pontuais em algumas áreas.
A umidade do ar mínima, durante a tarde, varia, entre 40 e 60%, no leste e no sul do estado, e, entre 45 e 65%, nas demais áreas.
Os ventos sopram, entre fracos e moderados, da direção noroeste e eventuais variações do norte.

Temperaturas:

– Rio Branco, Senador Guiomard, Bujari e Porto Acre,mínima, entre 19 e 21ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC;

– Sena Madureira e Manuel Urbano, mínima, entre 19 e 21ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC;

– Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Xapuri e Capixaba,mínima, entre 18 e 20ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC;

– Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Porto Walter, mínima, entre 20 e 22ºC, e máxima, entre 33 e 35ºC;

– Marechal Thaumaturgo e Jordão, mínima, entre 18 e 20ºC, e máxima, entre 33 e 35ºC;

– Tarauacá, Feijó e Santa Rosa do Purus, mínima, entre 19 e 21ºC, e máxima, entre 33 e 35ºC;

– Acrelândia e Plácido de Castro, mínima, entre 18 e 20ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC

Continue lendo

ACRE

Rio Branco é segunda capital com maior número de condutores que usam celular ao volante

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Ministério da Saúde divulgou um estudo em que aponta que 19,5% da população das capitais do país usam o celular enquanto dirigem. Rio Branco ficou acima da média nacional, aparecendo em segundo lugar, junto com Cuiabá com 24% entre os condutores que mais usam o celular no trânsito, atrás apenas de Belém, com 24,1%.

Pessoas com idade entre 25 e 34 anos representam 25,1% do total de pessoas dirigem e usam celular. Os dados foram divulgados pelo Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), foram entrevistadas por telefone 52.395 pessoas, com mais de 18 anos, entre fevereiro e dezembro de 2018.

Estudo foi divulgado nesta segunda/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

As capitais que apresentaram o menor percentual de uso de celular durante no trânsito foram: Salvador com 14,2%, Rio de Janeiro com 17,2%, São Paulo com 17,4% e Manaus com 18,0%. A pesquisa abordou ainda três outros índices: direção e consumo abusivo de álcool; direção e consumo de qualquer dose de álcool e multa por excesso de velocidade.

Distrito Federal, Fortaleza e Porto Alegre foram as capitais em que o maior número de entrevistados afirmou ter recebido multa por excesso de velocidade, com 15,7%, 14,6% e 14,2% respectivamente. Do outro lado da tabela o destaque fica com a Região Norte, das 5 capitais com menores índices de multas, 4 são da região: Manaus (0,9%); Macapá (2,7%); Belém (5,9%); Campo Grande (7,0%) e Porto Velho (7,1%).

Já no quesito álcool e direção, os homens são os campeões em beber e dirigir. Dos 5,3% dos entrevistados que admitiram beber e dirigir, 9,3% são homens e somente 2% mulheres. A capital com maior número de condutores que consumiram bebida alcoolica e dirigiram foi Palmas, com 14,2% e a com menor número foi Recife, com 2,2%.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco