NOSSAS REDES

Bakunin Acriano

A Operação Mitocôndria e a banalização da Justiça

Bakunin Acriano, o Eremita, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais uma vez o cidadão acreano assiste indignado a teatralidade de operações policiais que resultam no ridículo, na infâmia, e na banalização da Justiça: as forças policiais prendem e a Justiça solta!

Mas não estamos tratando da soltura de um ladrão de galinha não! melhor que fosse! estamos tratando de possíveis e graves crimes contra a administração pública, praticado por empresas, empresários e políticos em conluio com servidores públicos.

Não se assuste caro eleitor, com a acidez das minhas palavras. Porque elas são veneno contra os poderosos, contra os praticantes de crime de colarinho branco. Esta semana, o acreano tem o desprazer de assistir essa encenação estapafúrdia chamada Operação Mitocôndria.

Segundo as estimativas divulgadas pela imprensa local, o prejuízo ao erário está além de R$ 20 milhões de reais. E hoje, sábado, 11, não há nenhum investigado preso! Todos os detidos foram soltos. Por isso, o sistema judiciário não é respeitado. 

O único cidadão que agiu com rigor se chama Desembargador Pedro Ranzi, que negou o habeas corpus preventivo impetrado pelo advogado Robson de Aguiar de Souza, a favor de Cristiane Silva de Sales, filho do deputado estadual Manoel Moraes. Nesta tarde de sábado, após HC negado, filho e cunhado de Manoel Moraes se entregaram a polícia sorrindo.

Isso mesmo caro leitor, se entregaram sorrindo! pasmem!

Hoje ainda, daqui a pouco, a Justiça estará liberando esses investigados…. enquanto os ladrões que furtam nossas galinhas e pintinhos, neste sábado de aleluia,  sem dinheiro e sem advogados, permanecem nas prisões do Acre. 

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat