NOSSAS REDES

ARTIGOS

Em nota confusa, Diretório do MDB de Tarauacá ignora pré-candidatura de Valdor do Ó

Bakunin Acriano, o Eremita, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Há anos, MDB de Tarauacá vivencia passivamente uma crise interna entre líderes orgulhosos, numa ‘guerra branca’ de vaidades e egocentrismo. Mesmo sem unidade, pretende disputar as eleições de 2020. 

Pré-candidatura ameaçada

O veterano Valdor do Ó, do MDB de Tarauacá, afirmou ao Blog do Gilson Amorim que é pré-candidato à prefeito. Que não aceita candidatura imposta dentro do partido que milita há décadas. Valdor segue firme e forte com o projeto.

Veterano do MDB, vereador Valdor do Ó afirmou que é pré-candidato à prefeito de Tarauacá.

Veterano do MDB, vereador Valdor do Ó afirmou que é pré-candidato à prefeito de Tarauacá.

Nota do Diretório local

A crise interna dentro do MDB local piorou após a notícia de duas pré-candidaturas, uma do recém-filiado advogado Júnior Feitoza e outra do veterano vereador Valdor do Ó. Para azedar o ‘angu’, vazou um áudio de Whatsapp do Presidente do MDB local, Tadeu Freire, onde manifestava sua opinião sobre a crise política do partido. Logo em seguida, os dirigentes se apressaram em justificar o imbróglio e a repercussão negativa. 

Ouça o áudio:

Após vazar o áudio, não demorou muito para o Presidente e Secretário do MDB local, publicarem uma nota pública, esclarecendo o imbróglio político. Mas a nota foi uma verdadeira confusão de ideias. Diz que há uma pré-candidatura definida; que o Diretório não se reuniu após o ato de lançamento; que é democrático; que qualquer membro pode lançar seu nome como pré-candidato, etc…

Uma nota confusa. E não explicou nada. E nem citou uma linha sobre o nome do vereador Valdor do Ó.

Leia a nota, clique aqui.

A ira de Valdor

Nos bastidores, comenta-se que a irritação de Valdor aumentou, após a publicação da nota da executiva municipal do MDB. Que nada esclareceu, e só piorou a crise política interna. Na política, opina quem tem mandato. E Valdor tem mandato. Dirigente partidário é apenas um burocrata do partido. Essa é a verdade, nua e crua. Me perdoem! 

Roberto Duarte

O Deputado Estadual do MDB cancelou sua viagem para Tarauacá, onde iria se reunir com os líderes locais do MDB. O clima, pelo visto, tá nublado pelas bandas de Tarauacá. 

COLUNA 'CARTAS COMUNISTAS E CAPITALISTAS' é escrita por Bakunin Acriano, o Eremita. Talentoso aos 80 anos de idade, dos quais mais de 30 anos reside no Acre, por isso se diz acriano, onde é conhecido por "Eremita". Foi Comandante de Galvez na guerra pelas terras do Acre. Seu maior prazer, todavia, não é pela guerra. Mas escrever crônicas e críticas sobre a mídia e a política contemporâneas. Esse velho sábio participou da Revolução Russa e Cubana. Razão pela qual ficou durante 20 anos exilado em Amesterdã. Onde aprendeu a ler e usar máquina de escrever. Não gosta de computador, nem internet. Eremita se qualifica modestamente como luso-acriano. Ele, porém, guarda documentos que provam sua identidade como um ex-agente da KGB. (Personagem fictício que faz uma crítica à sociedade)

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ARTIGOS

Em áudio vazado, liderança do MDB de Tarauacá confirma veterano Valdor do Ó como pré-candidato à prefeito

Bakunin Acriano, o Eremita, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Veterano do MDB, vereador Valdor do Ó afirmou que é pré-candidato à prefeito de Tarauacá.
Valdor do Ó  – Capítulo 1
.
Na tarde desta quarta-feira, 08, o Blog do Gilson Amorim, foi informado que o Vereador Valdor do Ó, do MDB, colocou seu nome dentro do partido como Pré- candidato a Prefeito na terra do abacaxi. 
.
Segundo o Blog do Gilson Amorim, o vereador Valdor do Ó, tem uma ampla experiência dentro do parlamento com mais de 20 anos de vida pública. Em conversa com Vereador, o mesmo confirmou que colocou seu nome à disposição do partido e disse está preparado e sabedor das prioridades do município. 
.
Valdor do Ó  – Capítulo 2
.
O advogado Júnior Feitoza, recentemente filiado ao MDB, fez ato de filiação e impôs sua pré-candidatura. Ocorre que o núcleo duro do partido não apoia a tal candidatura, inclusive o único parlamentar com mandato e voz, Valdor do Ó. 
.
Nos bastidores, comenta-se também que o Presidente local do MDB, Tadeu Freire, afirmou que o “MDB é maior que qualquer membro”. Inclusive foi vazado um áudio onde afirma seu posicionamento político.
.
Ouça o áudio:
.
.
Aliás, o próprio ex-vereador Mirabor Leite, do MDB, que por tantos anos sonhou lançar sua candidatura pelo partido, também teve essa chance negada pelos caciques locais.
.
Roberto Duarte tá chegando…
.
Para ajudar na construção do partido no município, e na pré-candidatura a prefeito, o Deputado Estadual Roberto Duarte visitará Tarauacá nesta sexta-feira, e se reunirá com a executiva municipal. O encontro contará com a presença do próprio vereador Valdor do Ó, Tadeu Freire, e demais dirigentes. 
.
Ainda pensando…
.
O Governador Gladson convidou a prefeita Marilete para disputar a reeleição, porém a alcaíde municipal pediu um tempo para pensar.
.
PP do Gladson
.
Nos bastidores do Palácio Rio Branco, se comenta que, se Marilete decidir concorrer à reeleição, a prefeita poderá indicar um vice de dentro do próprio PP. Esse vice, inclusive, poderá se filiar nos próximos dias. Porque já tem nome. 
.
Se isso ocorrer, o PSD terá um pequeno empurrãozinho do PP, mesmo sendo no município um partido anão, minúsculo, sem base e sem musculatura política. 
.
11 cadeiras e muitos pré-candidatos
.
A Câmara de Vereadores de Tarauacá dispõe apenas de 11 cadeiras. Tudo indica que o caldo da disputa vai engrossar. Além dos atuais vereadores que deverão todos concorrer à reeleição, sabe-se que outros ex-vereadores como Chico Batista, Chagas Batista, Sidenir, Maria José, Maranguape, Manoel Monteiro, serão candidatos.
.
Chiquinho R7 continua firme
.
O famoso repórter web com seus óculos estribados, web-repórter Chiquinho R7, que se apresenta sempre como “ao vivaço e melhor do Acre”, já afirmou várias e várias e várias vezes que vai disputar a prefeitura de Tarauacá, sua terra natal, e onde mora até hoje.

Continue lendo

ARTIGOS

Governo Bolsonaro exclui jornal Folha de SP de licitação, após publicar denúncias de caixa 2 no PSL

Folha de São Paulo, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Muito prazer, presidente, eu sou o Fato.

O julgamento da história é um prato que se come gelado.

“Tenhamos cuidado com as palavras. Elas têm significado. Tenhamos cuidado com os fatos. Eles têm peso.” (Roger Cohen)

Os otários estão morrendo, presidente. Quando desligou pardais de estradas federais porque motorista “não é otário, não faz isso daí”, os fatos seguiram a ordem causal das coisas. Tivemos a primeira alta em acidentes graves desde 2011. Mesmo que a morte de otários não te comova, faltou observar que acidentes matam não otários. Sabe quanto custa para o Estado?

A Amazônia está queimando. Não é a cultura local, mas ausência de Estado. O desmatamento aumentou 29% (74% em área indígena). A costa brasileira sofre o maior vazamento de óleo da história. O ministério em desmanche reage a passos de tartarugas (que também morrem). Culpar, sem evidências, quem protege a natureza só fez escancarar inépcia e má-fé. Foi para promover DiCaprio?

Multas ambientais caíram pela metade. Pesquisas econômicas mostram que desmatamento beneficia o crime e produz pobreza, não crescimento. Vai faltar chuva para agricultura e água na torneira. O prejuízo foi calculado?

Donald Trump não te quer, presidente. Enquanto isso, o país engole a seco uma retaliação arbitrária no comércio internacional. Não te sobrou aliado lá fora. Ernesto sugere alguma reação à altura?

Ritos democráticos estão se esfarelando tal como planejado. Boa parte de tua equipe tem conhecimento diminuto da função que exerce, combinado com negação dos fatos, paranoia conspiratória e desprezo pela política pública que administra. É essa a ideia.

"A Folha de S.Paulo é a maior fake news do Brasil", disse o presidente Jair Bolsonaro, em uma transmissão ao vivo transmitida em telões na avenida Paulista. A fala foi feita uma semana antes do segundo turno da eleição de 2018, que acabou por elegê-lo.

“A Folha de S.Paulo é a maior fake news do Brasil”, disse o presidente Jair Bolsonaro, em uma transmissão ao vivo transmitida em telões na avenida Paulista. A fala foi feita uma semana antes do segundo turno da eleição de 2018, que acabou por elegê-lo.

 

Só pede para pararem de falar em AI-5. O novo AI-5 não precisa se chamar AI-5. O estado geral de dormência funciona melhor do que a gritaria. Qualquer dúvida, liga para o Orbán. A “linha direta” com Trump serve apenas para recados de amor.

Depois de eleito, em outubro de 2018, Bolsonaro deu uma entrevista ao "Jornal Nacional", da TV Globo. Nela, ele afirmou que “por si só, esse jornal se acabou”. “Não quero que [a Folha] acabe. Mas, no que depender de mim, imprensa que se comportar dessa maneira indigna não terá recursos do governo federal”, afirmou

Depois de eleito, em outubro de 2018, Bolsonaro deu uma entrevista ao “Jornal Nacional”, da TV Globo. Nela, ele afirmou que “por si só, esse jornal se acabou”. “Não quero que [a Folha] acabe. Mas, no que depender de mim, imprensa que se comportar dessa maneira indigna não terá recursos do governo federal”, afirmou.

São alguns fatos, presidente. Agora uma dica sobre a imprensa. Seria melhor segurar a raiva, pois quanto mais você ataca a Folha, mais a dignifica. Esse rebote moral é implacável. A dica vale para a violência que pratica contra mulheres, homossexuais, índios, negros, paraíbas, jornalistas, artistas, professores, cientistas, detentos torturados ou qualquer dissidente.A dignidade nos aplica outra rasteira: quanto mais se tenta ferir a do outro, mais se diminui a de si próprio. Não que tua biografia anime qualquer um a dizer que te restou alguma, mas a dignidade é uma matriarca generosa. Ela pede que até você, na sua humanidade rudimentar, tenha teus direitos protegidos.Ninguém está autorizado a te agredir como você agride o outro. Nem que você fosse um genocida. O Tribunal Penal Internacional obedece a este princípio. A dignidade do genocida requer respeito a direitos básicos. Jesus Cristo pensava parecido, mas pouco te importa. Afinal, teu fígado já disse que a filosofia cristã equivale a “esterco da vagabundagem”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Só não pense que vai sair barato, presidente. O julgamento da história é um prato que se come gelado. Estudiosos do fascismo têm se assombrado com tua figura. O historiador Federico Finchelstein (New School, Nova York), por exemplo, autor do livro “História das Mentiras Fascistas”, detectou “pensamento fascista” em parcela significativa dos teus militantes. E explica que “fascismo age desde baixo, mas é legitimado desde cima”.

Finchelstein nota que tuas invenções sobre o que, de fato, é “um dos maiores crimes do planeta atualmente —a rápida destruição da Amazônia”, lembram “as mentiras fascistas sobre sangue e solo”. E conclui que teu “estilo e substância […], impregnados de violência política, chauvinismo nacional e glorificação pessoal, têm características fascistas essenciais”.

Deveria custar caro na Justiça brasileira também, mas improvável. Carente de dignidade própria, a magistocracia segue fiel a teu projeto. Basta manter magistocratas de barriga cheia e neutralizar juízes independentes. Nestes reside a esperança constitucionalista. A Justiça penal internacional pode se sair melhor.

Avisa teus ministros e colaboradores. Lembra o Moro que as escusas perderam o charme. Alerta os experts do ministério “técnico”, cujo chefe cogita o AI-5 como medida econômica, que nenhum está imune nessa cadeia de responsabilidade. Conta para tua família (a de sangue e a do Vivendas da Barra). Não sairá barato para ninguém.

Conrado Hübner Mendes

Professor de direito constitucional da USP, é doutor em direito e ciência política e embaixador científico da Fundação Alexander von Humboldt.

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Advogados Online