NOSSAS REDES

ACRE

VÍDEO: Alan Monteiro, apadrinhado de vereador Radamés Leite, é preso na Operação Mitocôndria

Acjornal, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Alan Monteiro é um militante político aliado do vereador Radamés Leite (PSB de Tarauacá) e defensor do deputado estadual Manoel Morais em Tarauacá, também do PSB. Em 2019, ganhou um cargo no Governo do Estado, uma CEC-5, com salário mensal de R$ 5.376,00 (cinco mil, trezentos e setenta e seis reais), para trabalhar na Secretaria Estadual de Educação e Esporte, no governo Gladson Cameli, chancelada pela família Leite.

A portaria foi assinada pelo governador em exercício Major Rocha, conforme Diário Oficial do dia 31 de julho de 2019, edição nº 12.605, fls. 08 e 09, com salário de R$ 5.376,00 mensais.

CECS

Monteiro foi lotado na chefia do Setor Estadual de Merendas em Tarauacá, e era o responsável pelo recebimento e distribuição dos itens entregues pelas empresas vencedoras das licitações. Empresas, cujos proprietários estão sob investigação de corrupção.

Nesta quinta-feira, 09, a Polícia Civil procedeu à prisão de Alan em sua residência pelos supostos crimes de peculato e furto de merenda escolar, dentre outros, e apreendeu em flagrante vários itens da merenda escolar, que estavam ocultos na residência, como açúcar, papel higiênico, e outros itens alimentícios.

 

Foto de capa: Foto pública [reprodução Facebook. 09/04/2020].

LEIA MAIS:

Preso na Operação Mitocôndria, Alan Monteiro, paga fiança de R$ 10.450 mil, faz foto e sai da prisão sorrindo

Além do filho, polícia procura cunhado de deputado em pescaria; sobrinho foi preso

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat