NOSSAS REDES

GOVERNO GLADSON CAMELI

Após 10 anos, “novo” prédio do Pronto Socorro de Rio Branco é inaugurado

Notícias da Hora, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Depois de 10 anos o novo prédio do Pronto Socorro de Rio Branco, na avenida Getúlio Vargas, foi inaugurado. As obras de verticalização, que foram iniciadas em 2009 no governo Binho, o penúltimo da era PT, eram consideradas um verdadeiro elefante branco.

Com seis pavimentos, o novo Pronto Socorro possui 115 leitos e um heliponto. O orçamento inicial era de R$ 20,1 milhões. Porém as obras foram suspensas por diversas vezes por causa de instalações inadequadas e falta de acessibilidade para pacientes, o que vem sendo corrigido nos últimos sete meses.

A festa de inauguração contou com a presença do governador Gladson Cameli e do vice Major Rocha, de secretários de Estado, políticos e servidores da unidade.

Entusiasmado pela inauguração da unidade, o governador Gladson Cameli, que tem afirmado ter encontrado na Saúde os maiores gargalos da gestão estadual, acredita que o Pronto Socorro ampliado é um enorme reforço para o atendimento de alta complexidade no Estado. O governador reforçou ainda que a unidade, mais do que nunca, precisará do empenho de seus servidores.

“É uma obra de extrema importância para o Estado que passou dez anos para ser concluída e nós com muito sacrifício e com todas as dificuldades que pegamos o Estado, dificuldades financeiras em prestação de contas, complicações da obra, nós conseguimos concluir ela em oito meses. O difícil não é iniciar a obra, o difícil entregar ela funcionando e mantê-la. Como nós estamos fazendo. A Saúde precisa do envolvimento de todos. O Pronto Socorro, que é uma unidade que atende a todos e tem uma grande demanda, precisa desse empenho, do empenho do médico, do enfermeiro, de quem atende na recepção, dos auxiliares, do pessoal que ajuda com a limpeza. Todos são importantes.”

Antes da inauguração da unidade, Cameli reservou parte de seu tempo para acompanhar de perto os últimos ajustes nas obras. Também reuniu os servidores do Pronto Socorro para propor um pacto pela melhoria no atendimento no local.

À secretária de Saúde, Mônica Kanaan, Cameli pediu uma atenção quase que integral aos serviços da unidade. “Eu determinei à secretária de Saúde que mude com toda sua equipe para acompanhar de perto todo o fluxo de pessoal, para acompanhar as necessidades do hospital para evitar qualquer tipo de estresse na falta de profissionais em todas as áreas.”

Advertisement
Comentários

Comente aqui

GOVERNO GLADSON CAMELI

Estado suspende obrigatoriedade do ponto eletrônico por 90 dias

Agência de Notícias GOV/AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Considerando a situação enfrentada pelo estado, o Governo do Acre estabeleceu nesta sexta-feira, 20, novas medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da doença Covid-19.

E para que não haja prejuízos aos servidores e nem ao funcionamento das atividades do Estado, dentre essas medidas está prevista a suspensão, pelo prazo de 90 dias, da obrigatoriedade da utilização do Sistema PontoWeb.

A medida foi adotada para que os servidores não frequentem o mesmo ambiente e nem compartilhem os equipamentos de trabalho, como forma de prevenir o contágio da Covid-19. No entanto, os servidores não estão dispensados do teletrabalho e permanecerão exercendo suas atividades remotamente, de acordo com o estabelecido pela chefia direta.

Outra medida adotada para que não haja prejuízos aos sistemas de saúde e segurança, que são de suma importância para as ações de controle e prevenção no estado, foi a proibição da suspensão de férias já concedidas, com exceção dos servidores das áreas da saúde e segurança pública. As dispensas de servidor sem que haja concessão de férias ou de licença serão posteriormente compensadas, conforme será previsto em regulamento.

Essas e outras medidas foram publicadas no Diário Oficial do Estado por meio do Decreto Nº 5.495, de 20 de março de 2020.  As determinações e orientações dispostas no decreto cujos prazos não estejam especificados devem perdurar, inicialmente, pelo prazo de 15 dias a contar de 20 de março de 2020, podendo ser prorrogados ou antecipados a qualquer tempo.

Continue lendo

CORONAVÍRUS

Em vídeo, Polícia Militar de Rondônia anuncia toque de recolher

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Veja o vídeo:

Circula nas redes sociais, um vídeo mostrando que, com apoio de carro de som, viaturas da Polícia Militar, anunciaram que a PM estará em vigilância constante para impedir festas, eventos, atividades religiosas, impedir reunião acima de cinco pessoas, fechamento de comércios, etc, e que o toque de recolher será a partir das 20horas.

Segundo internautas, trata-se da Polícia Militar do Estado de Rondônia. 

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias