NOSSAS REDES

CRIME

Atirador que aparece em vídeo matando homem é preso no AC e suspeito de mais duas mortes

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Três crimes ocorreram no mês de junho desse ano. Jovem de 18 anos foi preso na última quarta-feira (22) na região do bairro Calafate.

capa: Atirador que aparece em vídeo matando homem é preso em Rio Branco e suspeito de mais dois homicídios — Foto: Reprodução.

O jovem de 18 anos que aparece em um vídeo descendo do carro e atirando contra o ex-presidiário Nunes Pereira de Assunção, de 30 anos, foi preso em uma casa, na última quarta-feira (22), no Conjunto Itatiaia, região do bairro Calafate, em Rio Branco.

Câmeras de segurança flagraram o momento exato em que um carro branco para na frente da casa da vítima e o rapaz desce já atirando. O crime ocorreu no último dia 29 de junho, na Rua do Bueiro, bairro Santa Inês, em Rio Branco.

Conforme o delegado Martin Hessel, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), o jovem também teria participação em outros dois homicídios ocorridos no mês de junho na capital. Na delegacia, o rapaz confessou apenas ter matado o ex-presidiário e negou os outros casos.

Entre os outros crimes estão a morte de Edson Oliveira Gonçalves no dia 11 de junho, no Ramal do Sinteac, em frente ao Estádio Florestão, na Via Verde.

O homicídio teria ocorrido por volta das 11h30, quando indivíduos passaram em um carro, pararam ao lado da vítima e efetuaram pelo menos cinco disparos.

O terceiro caso é a morte de Ítalo de Oliveira Brito, de 18 anos, com mais de quatro tiros no dia 26 de junho, na Travessa Pedro Altino, bairro Vitória. Na época, o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) disse que a família informou que a vítima tinha sido amarrada antes de ser morta.

“Fizemos o cumprimento de mandado de prisão temporária. Com relação a essas três mortes, nós já temos a confirmação da participação dele, mas ele também está sendo investigado em outros crimes de homicídio, tentativas de homicídio e participação em organização criminosa”, disse o delegado.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

CRIME

Homem se envolve em discussão e é morto durante partida de futebol em quadra de Rio Branco

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Vítima teria se envolvido em uma discussão com autor dos disparos, segundo informações do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp).

Jorgeney Nunes de Araújo, de 29 anos, foi morto ao ser atingido por disparos de arma de fogo, em uma quadra de esportes onde ocorria uma partida de futebol — Foto: Reprodução/Facebook

Jorgeney Nunes de Araújo, de 29 anos, foi morto ao ser atingido por disparos de arma de fogo, em uma quadra de esportes onde ocorria uma partida de futebol — Foto: Reprodução/Facebook.

Jorgeney Nunes de Araújo, de 29 anos, foi morto ao ser atingido por disparos de arma de fogo, em uma quadra de esportes onde ocorria uma partida de futebol, na noite desta terça-feira (4), no bairro Conjunto Esperança, Em Rio Branco.

A vítima teria se envolvido em uma discussão com autor dos disparos, segundo informações do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp).

Após ser atingido, Araújo ainda teria tentado pilotar a motocicleta dele, mas alguns metros depois, na esquina da rua Cruzeiro do Sul, ele caiu.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, e, ao chegar no local, o homem já estava morto. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar os exames cadavéricos.

O autor dos disparos fugiu logo após a confusão e ainda não foi localizado pela polícia.

Continue lendo

ACRE

Forças de Segurança executam ação integrada na tríplice fronteira

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma operação desencadeada durante a madrugada desta segunda-feira, 3, em Assis Brasil, cidade acreana que faz fronteira com o Peru e a Bolívia, resultou na prisão de três pessoas e na apreensão de cerca de 100 kg de pasta à base de cocaína que estava escondida no fundo falso de uma caminhonete.

A ação foi coordenada pelo delegado da Polícia Civil em Assis Brasil, Judson Barros, e contou com o apoio da Polícia Militar e do Grupo Especial de Fronteira (Gefron). De acordo com o delegado, durante investigações chegou a informação sobre o transporte de um carregamento de droga que seria feito por meio terrestre através do ramal Icuriã. De posse da informação, Barros entrou em contato com a Polícia Militar que prestou todo o apoio necessário e planejou a ação.

Passava de 1h da madrugada desta segunda quando os policiais abordaram a camionete na qual estavam três homens, dois brasileiros e um peruano. Durante a abordagem, o trio demonstrou nervosismo, o que fortaleceu ainda mais as suspeitas de que havia algo ilícito no automóvel.

Após uma minuciosa busca, os policiais descobriram um fundo falso na carroceria do veículo, onde estavam escondidos mais de 100kg de pasta a base de cocaína. Os acusados foram presos em flagrante e encaminhados à sede da delegacia do município. O Grupo Especial de Fronteira (Gefron) permaneceu durante toda madrugada reforçando a segurança do local.

Os presos, dois do Mato Grosso e um peruano, da cidade de Puerto Maldonado, foram flagranteados pelo crime de tráfico internacional de drogas. Durante a ação foi aprendido dinheiro em dólares, soles e reais.

“Foi um ação exitosa em que contamos com o apoio irrestrito da Polícia Militar e do Gefron e conseguimos aplicar um golpe duro no narcotráfico da região com um prejuízo de mais R$ 3 milhões. Essa droga após refinada renderia mais de 400 kg de material entorpecente”, destacou o delegado Judson Barros.

Ações integradas têm apresentado resultados positivos, sobretudo nas regiões dadda fronteira do Acre onde os narcotraficantes usam como rota de escoamento de entorpecentes oriundos da Bolívia e Peru.

“Estamos trabalhando diuturnamente com investigações aprofundadas e pontuais no combate ao tráfico de drogas no estado, sobretudo nas regiões de fronteira. E, nessa luta, a Polícia Civil tem encontrado na Polícia Militar e no Gefron, além da PRF e PF grandes parceiros, o que tem resultado em grandes ações, prisões e apreensões.”, enfatizou o delegado-geral da Polícia Civil do Acre, Josemar Moreira Portes.

Por: giroacreanonotícias

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

Obter empréstimos