NOSSAS REDES

CORONAVÍRUS

Áudio atribuído a Mandetta sobre ‘semana crítica de transmissão’ é falso

Folha de São Paulo, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Ministro afirma que suas falas para a população são feitas apenas por meios oficiais.

Foto de capa: Jair Bolsonaro conversa com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante videoconferência com a Frente Nacional de Prefeitos. 

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, desmentiu neste domingo (22) um áudio atribuído a ele que vem sendo difundido por aplicativos instantâneos de mensagem e reclamou da disseminação de fake news.

“Eu não gravo absolutamente nada de áudio, eu nem sei como funciona”, afirmou o ministro, visivelmente irritado. Ele afirmou que suas falas para a população são feitas por meios oficiais. “Tudo que eu falar vai ser feito claramente, aqui na frente, é uma maneira de a gente se posicionar.”

Uma mensagem de áudio atribuída ao ministro afirma que a próxima semana seria a “mais crítica para a transmissão”.

“Olha, vendo aqui a previsão de que final de abril vai ser o topo da epidemia, a previsão é que essa semana até domingo que vem é a semana mais crítica para a transmissão, então essa semana é fundamental o isolamento social. Ninguém sai à rua, mesmo que tenha que ir a supermercado, tenta evitar mercado, farmácia. Se a gente conseguir fazer o isolamento social importante talvez a gente consiga virar a curva, tá bom? Espalhe isso para todo mundo que vocês tiverem. Esta semana a gente tem que virar o jogo”, diz a voz no áudio.

O ministro demonstrou muita irritação com a divulgação do áudio falso e disse que só decidiu ir à entrevista coletiva do domingo para desmentir o áudio. “Fica aí mais uma fake news para a coleção das fake news, das mais idiotas que acontecerão durante esse período de caminhada que nós teremos pela frente.” Por Angela Boldrini.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat