NOSSAS REDES

ACRE

Bandidos invadem casa e despejam mulher e as duas filhas em bairro no Acre

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Não tem como eu ficar aqui, dominam, se apossaram daqui. Estou sofrendo ameaças, disseram que vão acabar com tudo aqui dentro”. O relato é de uma dona de casa de 21 anos, que teve a casa invadida, no bairro Sapolândia, em Rio Branco, e todos os pertences furtados.

A mulher, que pediu para não ter o nome divulgado, diz que os criminosos foram na casa dela na terça-feira (2) e tentaram entrar, mas ela se trancou com a filhas, de 1 e 5 anos. Com medo, a mãe saiu de casa e retornou nesta quinta (4) com a polícia, mas os criminosos tinham fugido com todos os objetos.

“Não sei para onde vou, estou sendo despedida da minha própria casa, não tenho dinheiro para pagar aluguel e nem para nada. Morava dentro da minha casa, não pagava aluguel. Não foi só comigo, tem outras casas que chegaram [e mandaram embora]”, lamentou.

Durante os dois dias que ficou fora, a moradora afirma que os criminosos passaram a ocupar a casa. Nesta quarta, ela chamou a polícia para tentar retornar para o bairro, mas foi surpreendida pelo furto.

Sai da minha casa, não ia ficar sozinha. Liguei pro meu padrasto, que veio e me levou. Saí fugida, aí viram que eu não estava em casa, entraram para dentro da minha casa. Levaram quase tudo, máquina, centrífuga, som e até os brinquedos da minha filha. Levaram minha feira, as fraldas da minha filha, não tenho um real para nada”, desabafou.

A mulher nega que tenha envolvimento com crime ou facções criminosas. Ela contou que mora só com as filhas desde que o marido foi preso por homicídio. Porém, segundo ela, a expulsão não tem nada a ver com a prisão do companheiro.

“Não é nada com meu marido, porque não sou de nenhum facção, nem o meu marido. Foi preso por homicídio, foi julgado e vai ser inocentado, porque na época dos fatos a gente não morava aqui”, garantiu.

Ação da PM

Ao G1, o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar do Acre (4BPM), major Felipe Russo, falou que a polícia fez uma varredura no bairro e conseguiu prender quatro pessoas, além de apreender uma adolescente de 13 anos, um revólver e recuperar alguns móveis.

“A Polícia Militar chegou com muita celeridade, prendemos as pessoas e apreendemos um revólver. Foram homens do 4º Batalhão com a ajuda do Bope. Já estava prevista uma ação naquela área, a guarnição já estava atenta e só antecipamos”, frisou.

Russo falou que mais de uma pessoa teve objetos furtados no bairro. Segundo ele, os objetos furtados foram encontrados em outras casas ou na parte de trás de quintais.

“Fizeram isso em outras casas também, mas tudo foi recuperado”, complementou.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat