NOSSAS REDES

ACRE

Cidadãos denunciam policiais por abuso de autoridade, após suposta prisão arbitrária de vendedor

PUBLICADO

em

Denúncia de abuso de autoridade, por parte de policiais de Cruzeiro do Sul. Segundo a fonte, o vendedor de farinha, Adson Rocha, conhecido popularmente como “Lorim” foi preso de maneira arbitrário no fim da tarde desta quinta-feira, em frente ao Colégio São José.

De acordo com o denunciante, Lorim foi à escola na companhia de outro amigo, que foi buscar a filha. Enquanto aguardava no carro, fez alguns registros fotográficos. Um policial à paisana, por sua vez, se incomodou, acionou uma viatura militar, que levou o vendedor preso.

“Eu fui na delegacia, mas eles nos negaram informação. Não explicaram o motivo da prisão e nem muito menos mostraram a foto, que teria incomodado o policial. No período da tarde a delegacia fica sem delegado. Meu amigo segue preso sem ter cometido crime. Isso é abuso de autoridade, pois ele é um trabalhador”, informou a fonte.

A família de Adson vai acionar e justiça para que investigue o caso. Amigos que presenciaram a cena, afirma não havido crime ou desacato de autoridade. O mesmo foi solto por volta das 21:30 da noite de ontem.

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat