NOSSAS REDES

ACRE

Cidadãos denunciam policiais por abuso de autoridade, após suposta prisão arbitrária de vendedor

Juruá em Tempo, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Denúncia de abuso de autoridade, por parte de policiais de Cruzeiro do Sul. Segundo a fonte, o vendedor de farinha, Adson Rocha, conhecido popularmente como “Lorim” foi preso de maneira arbitrário no fim da tarde desta quinta-feira, em frente ao Colégio São José.

De acordo com o denunciante, Lorim foi à escola na companhia de outro amigo, que foi buscar a filha. Enquanto aguardava no carro, fez alguns registros fotográficos. Um policial à paisana, por sua vez, se incomodou, acionou uma viatura militar, que levou o vendedor preso.

“Eu fui na delegacia, mas eles nos negaram informação. Não explicaram o motivo da prisão e nem muito menos mostraram a foto, que teria incomodado o policial. No período da tarde a delegacia fica sem delegado. Meu amigo segue preso sem ter cometido crime. Isso é abuso de autoridade, pois ele é um trabalhador”, informou a fonte.

A família de Adson vai acionar e justiça para que investigue o caso. Amigos que presenciaram a cena, afirma não havido crime ou desacato de autoridade. O mesmo foi solto por volta das 21:30 da noite de ontem.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat