NOSSAS REDES

ACRE

Com ambulâncias quebradas, Samu envia reforço para cidades no interior do Acre

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Com as duas ambulâncias que atendem as cidades de Brasileia e Epitaciolândia quebradas há três dias, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) enviou reforço para os municípios do interior do Acre. Uma ambulância reserva de suporte avançado (01) foi transferida neste sábado (7) para dar suporte enquanto a situação não é resolvida.
A informação foi confirmada ao G1 pelo coordenador do Samu, o médico Pedro Pascoal. Em todo o estado existem 28 ambulâncias do Samu e, segundo ele, o número seria mais do que suficiente se elas não fossem usadas para outros fins, como o transporte intermunicipal de pacientes.
“Ao todo, são cinco viaturas no Alto Acre e as de Xapuri e Assis Brasil ficaram dando assistência em Brasileia e Epitaciolândia, que quebraram. A questão é que as ambulâncias saem dessas cidades para fazer transporte intermunicipal e essa não é a competência do Samu. A responsabilidade do Samu é ter as viaturas dentro dos municípios para fazer atendimentos”, disse Pascoal.

Conforme o coordenador, em média, quatro pacientes são transportados de Brasileia para o hospital da capital, Rio Branco. “As viaturas rodam dois mil quilômetros por dia, acabam quebrando de forma rotineira e têm que parar para fazer manutenção preventiva. Para se ter uma ideia, faço troca de óleo a cada semana”.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat