NOSSAS REDES

EXCLUSIVO

Com ‘sentenças de morte’ decretadas, assassinos do Dr Baba serão interrogados com urgência

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os criminosos Felipe de Oliveira Rodrigues e José Renê do Nascimento Avelino estão encarcerados no Presídio Moacir Prado, em Tarauacá, em cela separada dos demais detentos. O acusado Lucas Silva de Oliveira estar no presídio da capital. Os três estão sob jura de morte. 

A Reportagem do Acre.com.br conversou com cinco agentes penitenciários, um delegado de polícia civil, e dois presidiários de facções distintas. A afirmação é a mesma: o alto comando das facções ordenaram a morte dos responsáveis pela morte do médico Rosaldo Firmo de Aguiar França.
.
Nos bastidores do crime, a ameaça de morte é real, sendo apenas questão de dias. A Justiça decretou agilidade para ouvir os criminosos com brevidade, antes que as ameaças se tornem realidade.
.
O Delegado de Polícia Civil Samuel Silva Mendes, requereu ao Juiz de Feijó, Excelentíssimo Senhor Alex Ferreira Oívane, medida cautelar de Produção Antecipada de Provas, consistente no interrogatório dos três acusados.
.

A Reportagem do Acre.com.br obteve com exclusividade acesso ao caso, e constatou que para ouvir os acusados em Tarauacá se formaram os autos nº. 0002630-56.2018.8.01.0014, originados a partir dos autos nº. 0500071-72.2018.8.01.0013, que tramitam em segredo de justiça na Comarca de Feijó, local do crime.

.

Entenda os fatos:

No dia 28 de outubro de 2018, houve a prisão em flagrante de Felipe de Oliveira Rodrigues, José Renê do Nascimento Avelino e Lucas Silva de Oliveira, os quais foram indiciados pelo roubo seguido de morte, em face da vítima Rosaldo, que foi morto brutalmente por um disparo de escopeta.

.

 

Os indiciados em seus interrogatórios prestaram informações que culminaram com a apreensão de armas de fogo, utilizadas para a prática do crime. Ademais, informaram que as armas são de membros de facção criminosa e destinadas as ações dessas facções. Devido a isso, temem por sua vida e acreditam estão com “a morte decretada”
pela facção.

Segundo afirmou o delegado, a vítima, conhecida como Dr. Baba, tratava-se de figura pública, querida pela população da cidade de Feijó e Tarauacá, e a morte da vítima fez insurgir uma sede ensandecida por justiça, para muitos na forma da lei do Talião, com o brocardo “pagar na mesma moeda”. Tudo a desvelar que os indiciados embora estejam albergados sob a tutela do Estado, sofrem risco de morte.

A Redação do Acre.com.br apurou que diante da possibilidade de morte dos acusados, o Juiz da Comarca de Feijó decretou a produção antecipada de prova, consideradas urgentes e relevantes, no caso, os interrogatórios dos três acusados, que poderão ser mortos a mando de membros de facções criminosas.

Primeiro, os indiciados prestaram informações que resultaram na apreensão de armas de fogo pertencentes a facção criminosas. Ato considerado por estas como traição, capaz de ensejar “decreto de morte” segundo as regras das facções; Segundo, os indiciados temem por sua vida. Tudo a desvelar que sofrem risco de morte, quiçá iminente“, disse o Juiz.

Os acusados Felipe de Oliveira Rodrigues e José Renê do Nascimento Avelino serão interrogados na Comarca de Tarauacá, e Lucas Silva de Oliveira será ouvido por um Juiz criminal da Comarca de Rio Branco, nos próximos dias.

CRIME

EXCLUSIVO: Acusados pela morte do Dr Baba serão interrogados nesta quinta-feira

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Nesta quinta-feira, dia 25/04/2019, às 11:30horas ocorrerão as audiências de interrogatório dos acusados FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES (vulgo ‘Curica’), e JOSÉ RENÊ DO NASCIMENTO AVELINO, ambos atualmente presos no presídio de Tarauacá.

As audiências dos acusados ocorrerão na Vara Criminal da Comarca de Tarauacá, e serão presididas pelo Juiz do município, Dr. Guilherme Aparecido do Nascimento Fraga.

Os suspeitos são apontados como envolvidos na morte do médico Rosaldo Firmo de Aguiar França, conhecido como Doutor Baba, que foi morto no dia 27 de outubro de 2018, por volta das 21h00min, no município de Feijó.

Segundo divulgou o Portal Acre Notícias, o crime foi motivado por um revolver .38 de propriedade do médico, e a promessa de pagamento de R$500,00 (quinhentos reais).

O mentor do crime, segundo informou o Portal Acre.com.br, teria sido LUCAS SILVA DE OLIVEIRA, atualmente preso no Presídio Antônio Amaro, em Rio Branco. O acusado Lucas, segundo as investigações, encomendou a execução ao preço de R$500,00.

Uma novidade foi revelada pelo site, até então mantida sob sigilo: a participação de uma quarta pessoa, que é ANTONIO ELINELDO VIEIRA DE LIMA (vulgo Douglas), atualmente foragido da Justiça.

Proibida a reprodução, sem a citação da fonte.

Fonte: Acre.com.br

Continue lendo

CRIME

EXCLUSIVO: Execução do crime contra Dr Baba foi encomendada por R$500,00

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Portal Acre.com.br teve acesso à documentos, fotos e vídeos, com exclusividade, e apurou a trama sinistra entre o ´amigo´ do médico, e mais três criminosos.

Foto de capa: O mentor do crime, Lucas Silva de Oliveira, 28 anos.

O alvo do crime seria o roubo de um revolver calibre .38, e o pagamento da quantia de R$ 500,00 (quinhentos reais), por parte do mentor e mandante do crime, Lucas Silva de Oliveira (foto de capa).

O Ministério Público, após investigações, apurou que os executores do crime foram ANTÔNIO ELINELDO (‘Douglas’) e FELIPE (‘Curica’), tendo este último recebido a promessa de receber a quantia de R$ 500,00 (quinhentos reais) pela execução do crime.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Foto: EXECUTOR DO CRIME, FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES (vulgo ‘Curica’), brasileiro, solteiro, sem ocupação, natural de Feijó/AC, nascido no dia 09/10/1997, atualmente recolhido na Unidade Penitenciária Moacir Prado, em Tarauacá/AC.

Foto: EXECUTOR DO CRIME, ANTONIO ELINELDO VIEIRA DE LIMA (vulgo “Douglas”), brasileiro, solteiro, sem ocupação, natural de Rio Branco/AC, nascido em 26/09/1997, RG n.° 1132938-6, filho de Lucimeudo Braga de Lima e Maria Cleonice Vieira de Lima, residente na Estrada do São Francisco, Quadra E, n.° 15, Bairro Eldorado, no Município de Rio Branco/AC. Atualmente foragido da Justiça.

O mandante do crime foi LUCAS SILVA DE OLIVEIRA, brasileiro, natural de Feijó/AC, solteiro, sem ocupação, nascido no dia 19/06/1990, atualmente recolhido na Unidade Penitenciária Antônio Amaro, em Rio Branco (termos da denúncia nos autos nº. 0000708-43.2019.8.01.0014/0000710-13.2019.8.01.0014, carta precatória criminal).

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Foto: O mentor e mandante do crime, Lucas Silva de Oliveira, 28 anos.

Proibida a reprodução, sem a citação da fonte.

Fonte: Acre.com.br

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco