NOSSAS REDES

ACRE

Cruzeiro do Sul já enterrou 158 pessoas por Covid-19 e tem 5 óbitos nas ultimas 24 horas

PUBLICADO

em

No final de semana passado em Cruzeiro do Sul, 8 pessoas morreram com Covid-19 e este, poderá superar o número de óbitos.  Da noite dessa quinta para a manhã  desta sexta-feira, 12, 5 pessoas já morreram por conta do coronavírus no Hospital de Campanha. Destes, 4 mortos foram enterrados à noite e 1 agora pela manhã.  Uma das vítimas fatais era morador de Rodrigues Alves e as demais de Cruzeiro do Sul.

Os enterros noturnos já se tornaram comuns em Cruzeiro do Sul, onde os sepultamentos são feitos imediatamente depois da morte por Covid-19. O primeiro foi realizado em maio do ano passado e, segundo o administrador do Cemitério Morada da Paz, Auricélio Lima,  era por volta de meia-noite e os coveiros ficaram com medo. “Houve um certo medo e nervosismo porque nunca havia sido feito antes, mas agora todos já se acostumaram e se tornou comum”, explica.

“À noite é ainda mais triste enterrar um ente querido”, diz familiar

O jornalista Gledson Albano esteve presente no enterro de sua irmã,  a professora Maria Sulenir de Souza Lima, a Sula, na noite desta quinta-feira. “Minha irmã foi a  primeira a ser enterrada. Além de ser à noite, tinha chovido o dia todo e havia muita lama. Eu ainda estava lá no cemitério quando chegou o terceiro corpo e no caminho passei pelo quarto”, conta ele alertando para a necessidade de cumprimento das regras sanitárias e de  distanciamento  para evitar novos casos de Covid-19.  “É ainda mais triste enterrar um ente querido a noite”, conclui.

Na ala Covid-19 do Cemitério Morada da Paz, há 158 corpos enterrados. Pessoas de Cruzeiro do Sul e cidades vizinhas porque no início da pandemia não era permitido o traslado de corpos.  A área  do cemitério é de 5 hectares  e foi comprada e implantada pelo ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro.

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat