NOSSAS REDES

Saúde Pública

Cruzeiro do Sul têm 8 portadores de hemofilia cadastrados

Juruá Online, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Hemofilia é um distúrbio na coagulação do sangue quando não há proteínas para fazer a ação de estacar o sangramento. Quando nos cortamos as proteínas entram em ação para estancar o sangramento e esse processo é chamado de coagulação. As pessoas portadoras de hemofilia não possuem essas proteínas e por isso sangram mais do que o normal. Em Cruzeiro do Sul, oito pessoas são cadastradas como hemofílicos.

“São cuidados que serão levados para a vida toda e não tem cura. É uma doença hereditária e ela precisa de cuidados específicos”, disse a gerente geral do hemonúcleo, Diane Carvalho.

Nesta quarta-feira (17) é o Dia Mundial de Conscientização da Hemofilia, o hemonúcleo da cidade realizou uma atividade para os hemofílicos.“Nós vamos fazer atividades com familiares e também vamos estar desenvolvendo cartilhas que serão entregues nas escolas e para os pais com cuidados para a criança, sem que ela fique sendo restrita”, afirmou.

O tratamento é feito com a reposição pela veia do fator deficiente, mas é necessário exames regularmente e jamais utilizar medicamentos específicos e recomendados pelos médicos. “Nós fazemos a distribuição do medicamento da hemofilia e também há a dose domiciliar de profilaxia”, explicou.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat