NOSSAS REDES

ACRE

CV invade Cidade do Povo, mata 1 com tiro na cabeça e fere 7 pessoas

PUBLICADO

em

Membros da organização criminosa do Comando Vermelho (CV) invadiram na noite desta segunda-feira, 5, o Conjunto Habitacional Cidade do Povo, território da organização criminosa Bonde dos 13 (B13) e mataram um motoboy monitorado por tornozeleira eletrônica, identificado como Yure Mateus de Lima Cavalcante, de 25 anos.

O bando também feriu a tiros mais sete pessoas. O ataque dos faccionários aconteceu na quadra de esporte de gama sintética na rua Jessé Santiago e em uma lanchonete localizada na rua Vereadora Maria Antônia, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, os criminosos chegaram em três veículos na região, desceram e fortemente armados cercaram a quadra de esportes. Lá, efetuaram vários tiros nas vítimas que estavam jogando bola.

No primeiro ataque, sete pessoas foram feridas: Moisés Teixeira da Silva, de 22 anos, Renan Costa Ribeiro, de 19 anos, Paulo Vinicius Adelino Soares, de 48 anos, Cassemiro Borges de Andrade, de 48 anos, David  de Souza, de 30 anos, Francisco Delcimar Gomes de Oliveira de 38 anos e Wendel de 23 anos.

Não satisfeitos, os criminosos fizeram um segundo ataque. Eles seguiram até uma lanchonete localizada na rua Vereadora Maria Antônia, renderam funcionários e clientes, se aproximaram do motoboy, o interrogaram, perguntando qual facção ele pertencia, e em seguida o executaram com 4 tiros e 6 facadas, todos na região da cabeça.

Toda a ação dos membros da facção do CV foi gravada por um faccionário e divulgada nas redes sociais. Após a ação, os criminosos abandonaram um veículo modelo Onix e um Ford Fiesta sedan, ambos de cor vermelha, pelas ruas, em seguida fugiram do conjunto habitacional em um terceiro carro que estava dando apoio.

Várias ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas. Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos às vítimas que estavam na quadra de esporte e em seguida os encaminharam ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

A viatura 01 do Samu foi acionada também para prestar socorro ao motoboy, mas quando os paramédicos chegaram ao local, o detento por monitorado por tornozeleira já estava sem vida.

A lanchonete foi isolada para os trabalhos do perito em criminalística. Os policiais fizeram patrulhamento na região em busca de prender os autores dos crimes, mas ninguém foi encontrado.

Os casos serão investigados pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat