NOSSAS REDES

BRASIL

Demitido por Bolsonaro, Mandetta diz que batalha do coronavírus está no “começo”

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

BRASÍLIA (Reuters) – Em pronunciamento logo após ser demitido pelo presidente Jair Bolsonaro, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou nesta quinta-feira que a batalha do novo coronavírus ainda está no começo e defendeu novamente que a população siga as orientações de prefeitos governadores e da pasta que comandava de manter o distanciamento social.

“Não pensem que estamos longe de um pico da doença”, disse ele, acrescentando que o sistema de saúde brasileiro ainda não está preparado para uma “marcha acelerada” da doença.

Na fala no auditório do Ministério da Saúde, Mandetta disse que agradece muito ao presidente e afirmou ter tido uma conversa –quando foi selada sua demissão– extremamente agradável e amistosa. Destacou que a mudança no comando da pasta vai permitir a Bolsonaro que organize a nova equipe com outro olhar.

Pediu aos servidores do ministério que todos que trabalhem dobrado para seu sucessor.

(Reportagem de Ricardo Brito)

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat