NOSSAS REDES

ACRE

Em Tarauacá, após briga amorosa, mulher desferi “golpe do sapato” na cabeça do seu parceiro; SAMU nega socorro

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

“Arma” utilizada no suposto crime de lesão corporal foi o próprio sapato da mulher. O episódio ocorreu dentro do veículo do casal, nas proximidades do mercado municipal. O Hospital Dr. Sansão Gomes de Tarauacá negou socorro através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU. 

Neste domingo, 11, mais um episódio excêntrico ocorreu envolvendo o SAMU, uma equipe policial e uma briga amorosa de um casal tarauacaense. O fato inusitado escancarou, mais uma vez, a deficiência dos serviços prestados pelo Hospital de Tarauacá.

Uma viatura da Polícia Militar foi acionada através do CIOSP para atender uma ocorrência de lesão corporal. A equipe ao chegar no local dos fatos, se deparou com um fato inusitado: A vítima, era um homem, companheiro da autora da violência, que tomada de fúria e ávida em fazer o mal, desferiu um violento golpe na região frontal da cabeça do seu parceiro. 

Bastou apenas um golpe para derrubar o parceiro. O “nocaute” foi suficiente para gerar uma série de constrangimentos e transtornos. 

A mulher e seu sapato, objeto do suposto crime, foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil. A vítima, carecendo de cuidados médicos, foi conduzida ao Hospital Dr. Sansão Gomes na carroceria da viatura da Polícia Militar. 

A Direção do Hospital de Tarauacá alega que não tem técnicos suficientes para prestar atendimento todos os dias do mês, através do SAMU. Por essa, as ambulâncias não estão realizando atendimento com regularidade. 

Veja o Boletim de Ocorrência:

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat