NOSSAS REDES

ACRE

Em Tarauacá, trio é preso por invadir fazendas, furtar bois e depois abater animais

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Militar do município de Tarauacá, no interior do Acre, prendeu, nesta quinta-feira (25), um trio suspeito de entrar em fazendas, furtar bois e depois abater os animais. Os homens foram presos em flagrante na zona rural do município.

Com os suspeitos os policiais militares apreenderam uma arma de fogo e munições. De acordo com a PM, a guarnição foi acionada para atender a ocorrência de furto de animais. Quando os PMs chegaram no local, foram informados que os possíveis autores haviam saído em uma canoa.

Os PMS, então, fizeram um cerco e conseguiram interceptar os indivíduos. Na canoa foi encontrada uma espingarda calibre 16, munições e dois bois já abatidos. Os envolvidos foram conduzidos à delegacia da cidade para que fossem tomadas as providências cabíveis.

‘Operação Fake Bois’

Um ex-servidor do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal foi preso, na manhã desta sexta (26), na Operação “Fake Bois”, deflagrada pela Polícia Civil no Acre. Segundo as investigações, o funcionário que atuava no órgão desde 2012 é suspeito de inserir dados falsos no sistema para dar ar de legalidade ao transporte de gado sem fiscalização.

O delegado Pedro Resende, da Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor), explica que o funcionário, que era responsável pela área de tecnologia do Idaf, conseguia alterar dados e apagar informações do sistema. Ao todo, até agora, foram detectadas 135 inserções falsas desde 2018.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat