NOSSAS REDES

ACRE

Filho de Márcio Bittar tem nomeação alterada, mas salário continua R$ 10,5 mil

Acjornal, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

João Paulo Bittar, de 26 anos, filho do senador Márcio Bittar, deixou que gerir as políticas públicas em defesa da juventude. As funções dele nesta área vinham sendo badaladas dentro do governo, mas sem resultado prático nenhum. João Paulo, aliás, era alvo constante de críticas por não comparecer ao local de trabalho.
Viaja com muita frequência, sob argumento de participar de encontros nacionais de juventude, recebendo diárias pagas pelo contribuinte, mesmo tendo residência oficial custeada pelo Congresso Nacional, um luxuoso apartamento funcional ocupado pelo pai em área nobre de Brasília. O decreto que o nomeou chefe de departamento do Instituto de Assistência e Inclusão Social – IAIS – foi revogado. O rapaz estava subordinado à primeira dama, Ana Paula Cameli. 
No Diário Oficial desta quinta-feira, João Paulo é nomeado chefe de departamento da secretaria de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres. O salário permanece na casa de R$ 10.5 mil.
João Paulo, que tem 26 anos, é estudante e foi candidato a vereador em Rio Branco pela primeira vez em 2016, mas não se elegeu ao obter apenas 1.290 votos.
Bittar também conseguiu empregar no Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Josenil Costa Chaves, seu compadre, o escolhido por Gladson para suceder Moisés Diniz na presidência do Depasa, e também seu irmão, Edson Martins Siqueira, também conhecido como Edson Bittar, no cargo de diretor.
ESTADO DO ACRE
DECRETO Nº 2.455, DE 29 DE MAIO DE 2019
O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que lhe
confere o art. 78, inciso XX, da Constituição Estadual,
RESOLVE:
Art. 1º Nomear JOÃO PAULO BITTAR para exercer o cargo de Chefe
de Departamento, na Secretaria de Estado de Assistência Social, dos
Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres – SEASDHM.
Art. 2º Revogar o Decreto nº 132, de 15 de janeiro de 2019.
Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Rio Branco-Acre, 29 de maio de 2019, 131º da República, 117º do
Tratado de Petrópolis e 58º do Estado do Acre.
Gladson de Lima Cameli
Governador do Estado do Acre

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat