NOSSAS REDES

ACRE

Governo do Acre incorpora gratificações ao salário-base de militares e remuneração passa de R$ 5 mil

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Com mudança, militares não correm riscos de cortes salariais ou na sexta parte. Servidores ainda têm direito ao banco de horas e remuneração pode ultrapassar R$ 6 mil.

Após acordo, o Governo do Acre decidiu incorporar as vantagens e gratificações ao salário-base dos bombeiros e policiais militares do Acre. Com a mudança, a remuneração de um soldado, que segundo o governo era de R$ 1,8 mil, ultrapassa os R$ 5 mil a partir deste mês de julho.

O anúncio foi feito durante uma coletiva na tarde desta quinta-feira (5). Os servidores ainda têm direito ao banco de horas que pode elevar o pagamento a mais de R$ 6 mil.

Com a incorporação a partir de julho, o aumento na folha de pessoal é de R$ 10 milhões. O coronel Marcos Kinpara, comandante da Polícia Militar (PM-AC), explicou que não há aumento, mas uma regularização para os militares que recebiam acréscimo em gratificações, mas sem mudanças no salário-base.

“No termo chulo tínhamos vários ‘penduricalhos’ e não tinha como falar em um salário-base. Não há aumento nenhum, mas uma regularização, pois tinha acréscimo de gratificação e um salário de R$ 800. Quem tem 25 anos de trabalho, a sexta parte vai incidir e não vai ter prejuízo nenhum”, afirmou o coronel.

O governador do Acre, Tião Viana (PT-AC), disse que a solução foi encontrada pela Secretaria de Gestão Administrativa (SGA-AC). A partir de agora cada militar passa a ter salário único o que deve repercutir também na aposentadoria dos servidores.

Viana afirma que além do Acre, outros oito estados fizeram essa mudança. Ele reforçou que agora não há riscos de retirada dos benefícios dos servidores como foi recomendado pelo Ministério Público do Acre (MP-AC) em dezembro de 2017.

A recomendação previa cortes entre R$ 91 e R$ 321 sobre o salário e até R$ 800 na sexta parte, garantida aos servidores públicos que cumpriram 25 anos de serviços efetivos prestados. O MP-AC deu um prazo para que o governo providenciasse uma nova forma de cálculo referente ao pagamento da gratificação.

“Esse modelo rompe com a tradição de incluir auxílios disso e daquilo. A partir de agora não há riscos na composição salarial dos militares. A partir de hoje falamos em salário unificado, sem contribuições indiretas para ele. Esse é o 5º melhor salário de policial e bombeiro militar do país”, destaca.

Compra de fardamento

Além do reajuste, o governo já havia anunciado a compra de novos uniformes para os militares que estão há cinco anos sem receber fardamento.

Ato todo, o Estado deve gastar mais meio milhão em uniformes. Ao G1, a Polícia Militar do Acre (PM-AC) informou que após a publicação no Diário Oficial do Estado na quarta (4), as empresas têm de 30 a 60 dias para entregar o fardamento.

Em abril deste ano, os militares adotaram algumas medidas como forma de criticar a falta de fardamento. Os policiais passaram a trabalhar sem uniformes, apenas com o colete balístico. Em um dos atos organizados em Rio Branco, a Associação do Militares do Acre (AME), afirmou que cerca 2,5 mil militares do estado precisavam comprar com o próprio dinheiro a farda para poder trabalhar. G1Ac.

ACRE

JOVEM É ASSASSINADO COM 8 FACADAS DURANTE A MADRUGADA POR RIVAL DE FACÇÃO

O Alto Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um jovem de 21 anos, identificado como André Wiryson Lima da Silva, resolveu que deveria passear com a namorada na noite desta sexta-feira, dia 23. Em dado momento, se deslocou para um forró localizado na Avenida Manoel Marinho, no Bairro Três Botequins.

André foi reconhecido por três indivíduos de outra facção que iniciaram um cerco. Ao perceber que algo poderia acontecer, resolveu sair do local com a namorada de 16 anos e ao tentar entrar no taxi, foi atacado pelas costas por Alex da Silva Oliveira (19), conhecido como ‘Popó’, sendo ferido uma vez na altura do peito.

Após ser ferido, ainda tentou correr pela Avenida. Os outros dois que estavam com Alex, seria Eberson Silva Almeida (26), vulgo ‘Katanga’, que estava em liberdade a 12 dias do FOC, juntamente com um menor de 17 anos que tentaram segurar a vítima para que fosse golpeado mais vezes.

André ainda caminhou sangrando por cerca de 150 metros até em frente ao Banco do Brasil, mas, foi alcançado por Alex, que ainda desferiu cinco estocadas nas costas e duas no pescoço. Com a gravidade dos ferimentos, não resistiu e morreu antes de receber socorro.

Segundo foi relatado pela namorada que assistiu tudo, contou que Alex ‘lambeu’ a faca manchada de sangue e falava; “matei um alemão”. Policiais Militares foram acionados rapidamente e conseguiram chegar no local antes da fuga dos acusados e os detiveram.

Eberson ‘Katanga’ que tentou negar sua participação, já velho conhecido da Justiça e sempre vem sendo agraciado com os benefícios da Lei, sendo posto em liberdade mesmo sendo condenado, além de escapar da morte por duas vezes. O autor dos golpes também teria passagens e o menor será encaminhado ao MP e judiciário para medidas cabíveis.

Foi levantado pelos policiais que, Alex seria o principal suspeito de uma tentativa de homicídio por arma branca (faca) na noite de quinta-feira, dia 22, nas proximidades do trevo, parte alta da cidade.

O trio foi conduzido para a delegacia, onde foi lavrado o flagrante de homicídio. O corpo foi resgatado para ser conduzido ao IML da Capital para exames cadavérico e depois ser liberado aos parentes.

Continue lendo

ACRE

Bate Papo Feminista acontece neste sábado, em Rio Branco

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Bate Papo Feminista voltou. Um espaço de vivência e trocas, reúne mulheres de diferentes segmentos profissionais e faixas etárias para falar a respeito de feminismo no Acre, e em todo o seu contexto.

Um grupo criado em 2015 pela estudante de jornalismo Ana Luiza Lima, no aplicativo WhatsApp, desencadeou a provocação para algum projeto em que o feminismo fosse pauta para discussão principal. A partir dele, outras mulheres que já se identificaram com a temática e manifestaram a vontade de estabelecer um espaço de diálogo, e aí surgiu o Bate Papo Feminista.

Violência, gêneros e política fazem parte dos debates promovidos durantes os encontros que iniciaram em 2015 e após alguns encontros entrou em hiato, mas volta para ser reconstruído em um formato que englobe as dificuldades atuais das mulheres.

O encontro ocorre neste sábado (24), na casa Povos da Floresta, em frente ao Estádio José de Melo, no Centro de Rio Branco, à partir das 15h30. Todas as mulheres, de todas as idades, são bem vindas.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?