NOSSAS REDES

ACRE

Grupo criminoso alvo de operação da PF é denunciado pelo MP-AC por tráfico de drogas

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Ao todo, 18 foram denunciados. Segundo a polícia, grupo pagava olheiros para monitorar ação da polícia no interior do Acre.

O grupo criminoso, alvo da operação Ponta Negra, foi denunciado pelo Ministério Público do Acre (MP-AC), por tráfico de drogas, associação para o tráfico e por integração em organização criminosa. Ao todo, 18 pessoas foram denunciadas.

A segunda etapa da operação da Polícia Federal foi deflagrada no dia 22 de outubro de 2018. A ação investiga um grupo de traficantes que atua no Vale do Juruá, no interior do Acre, e tem ramificação em outros estados.

A ação cumpriu 25 mandados judiciais, sendo 16 de prisão e 9 de busca e apreensão. A operação foi desencadeada nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Porto Walter.

A polícia informou, na época, que, entre o grupo, estavam pessoas que eram responsáveis pelo transporte de droga e, consequentemente, de armas de fogo. Além disso, olheiros eram pagos para vigiar a PF ou a PM quando iam em missão no rio para avisar aos traficantes.

Conforme o promotor Júlio César de Medeiros, da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Cruzeiro do Sul, além dos 16 mandados de prisão da época da deflagração da operação, outras duas pessoas também foram denunciadas.

Com mais de sete mil folhas, esse é um dos maiores processos que tramitam na Justiça da segunda maior cidade do Acre.

“Nosso foco de atuação sempre é a prevenção, mas quando ela não funciona, a repressão tem de ser efetiva e, para isso, estamos contando com a parceria da Polícia Federal na realização de tais operações. Traficar drogas na região de fronteira com outros países, infelizmente, tem se tornado fato banal, mas o estado do Acre precisa parar de sangrar”, destacou o promotor.

O próximo passo, de acordo com Medeiros, é aguardar o julgamento dos denunciados. “Agora é só aguardar eles apresentarem as defesas e designar a audiência de instrução e julgamento para a conclusão do caso. Mas, o importante é que o caso teve, praticamente, um desfecho. Vale destacar que esses denunciados são chefes de organizações criminosas”, concluiu.

ACRE

Empresário que perdeu o controle do carro e colidiu em carreta pode ter sido vítima de AVC

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O empresário Amarildo Campos Coelho, de 47 anos, que colidiu com seu carro em uma carreta na última quarta-feira (19) e foi à óbito pode ter sido vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Essa é uma das hipóteses levantadas por paramédicos que socorreram Campos no local do acidente.

Com o suposto acidente vascular o pé direito do empresário pode ter ficado preso ao acelerador. De acordo com peritos que estiveram no local, o ponteiro de velocidade travou marcando 180 km/h. O carro que Campos conduzia era um Honda Civic, ficou totalmente destruído.

A revelação da suspeita de AVC foi feita por parentes do empresário na manhã de hoje (22), durante reabertura de uma de suas principais lojas de supermercados na Vila Acre. Ainda de acordo parentes, Campos já tinha apresentado um princípio de AVC meses antes do acidente.

Com o impacto da colisão com uma carreta, o corpo da vítima ficou preso às ferragens e foi retirado por homens do Corpo de Bombeiros, em seguida resgatado por peritos do Instituto Médico Legal – IML.

Continue lendo

ACRE

Três corpos foram encontrados após naufrágio de barco no Rio Juruá; duas crianças estão desaparecidas

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os corpos de três passageiros que estavam na embarcação que naufragou no Rio Juruá, no interior do Amazonas, foram resgatados na noite desta sexta-feira (21). Duas crianças, de dois e três anos, seguem desaparecidas. O acidente aconteceu nas proximidades do município de Carauari, a 788 km de distância de Manaus, na noite de quarta-feira (19).

O resgate foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros. Segundo a coorporação, foram encontrados os corpos de uma idosa de 82 anos, um homem de 22, e a mãe das duas crianças que seguem desaparecidas.

Equipes de resgate que atuam na área do naufrágio seguem os trabalhos em busca dos dois irmãos desaparecidos. Eles viajavam com a mãe, morta, e uma irmã, resgatada com vida na quinta-feira. O barco, com 97 pessoas, saiu de Manaus no dia 13 de junho e deveria chegar a Carauari na quinta-feira.

Os três corpos encontrados chegaram à sede da cidade de Carauari na madrugada deste sábado. Todos são velados ao mesmo tempo no Ginásio Vivaldino Cardoso Viana, que fica no centro do município.

Após o velório, familiares da mãe querem transferir o corpo da jovem para ser sepultado em Manaus.

Nesta sexta-feira um passageiro foi resgatado com vida por pescadores da região. O barco saiu de Manaus no dia 13 de junho e deveria chegar a Carauari na quinta-feira (20). Havia 97 passageiros na embarcação, que naufragou nas proximidades da comunidade do Bacaba.

São aproximadamente três horas de distância entre a sede da cidade e o local onde o houve o naufrágio, em região remota do Rio Juruá.

O GLOBO

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco