NOSSAS REDES

ACRE

IAPEN vai afastar fiscais que não viram alimentos estragados no depósito do presídio

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O diretor presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre(IAPEN), Lucas Pereira, disse na noite desta sexta feira (6), que vai afastar das funções os dois fiscais que inspecionaram o depósito de alimentos do presídio Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco. No mesmo local inspecionado pelos fiscais, o Ministério Público Estadual encontrou na quinta feira(5), quase três toneladas de alimentos com data de validade vencidas e que seriam servidos para os detentos.

“É estranho eles terem inspecionado o local a tão pouco tempo e não terem encontrado nada de anormal e essa fiscalização do Ministério Público mostrou o contrário. Na segunda-feira vamos chamá-los para uma conversa e designar outras pessoas para a função”, disse Lucas Pereira.

Os alimentos apreendidos estavam sob a responsabilidade da empresa Tapiri, detentora do contrato de fornecimento de refeição para quatro unidades prisionais em Rio Branco. Diariamente a Tapiri serve 4.200 refeições para os reeducandos dos presídios Antônio Amaro, Feminino, UP04 e Francisco de Oliveira Conde, onde ocorreu a apreensão.

Pereira disse ainda que o estoque que estava dentro do prazo de validade é suficiente para atender a demanda por apenas quatro dias e que já notificou a empresa para que faça a reposição.

O diretor ainda falou que vai requisitar cópia do laudo da Vigilância Sanitária e aguardar orientação da assessoria jurídica do Instituto para adotar as medidas necessárias.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat