NOSSAS REDES

ACRE

Incêndio em barco pode ter sido causado por fogos de artifícios disparados em carreata política

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Civil já ouviu as duas testemunhas do incêndio que consumiu um barco que transportava combustível no dia 12 de novembro no Rio Juruá, em Marechal Thaumaturgo, interior do Acre.

Segundo relato de uma das testemunhas, o incêndio pode ter sido causado por faíscas de fogos de artifícios de uma carreata política que era organizada no posto de combustível.

As pessoas ouvidas estavam no local retirando o combustível do barco para esse posto quando houve o incêndio. A polícia disse, inicialmente, que a suspeita era que um curto-circuito tivesse causado o fogo.

Na embarcação havia apenas um tripulante. No momento do incêndio, ele não ficou ferido. As chamas consumiram toda embarcação que acabou afundando no rio.

O G1 não conseguiu contato com o dono da embarcação.

Após o relato das testemunhas, a polícia vai ouvir o dono da embarcação, do posto de combustível e também a organização da carreata para saber mais detalhes.

Fogo na embarcação

O jornalista Paulo Amorim, que estava próximo do local, disse que o tripulante fazia a retirada de combustível do barco para um posto com um motor a gasolina quando começou o fogo. Segundo Amorim, a embarcação tinha chegado de Cruzeiro do Sul.

“A perda foi só material e o combustível que estava dentro. A informação que temos é que pode ter saído uma faísca e provocado o incêndio. Ele não explodiu, só pegou fogo”, relembrou.

Ainda segundo o jornalista, o dono do barco é um empresário da cidade, mas não estava no local no momento do acidente. O município não conta com equipes do Corpo de Bombeiros e o fogo foi apagado pela chuva que caia na cidade no momento do acidente.

“O barco afundou. Só tinha gasolina e pegou fogo, não vazou pro rio. O incêndio não foi maior porque uma pessoa viu quando o fogo estava indo pela bomba que transportava a gasolina para o posto e o cara cortou a mangueira”, concluiu.

Tragédia no Juruá

No dia 7 de junho do ano passado, um barco explodiu quando era abastecido por um caminhão-pipa com 5 mil litros de gasolina que seriam levados em vasilhas para o município acreano de Marechal Thaumaturgo. Além do combustível, a embarcação também levaria os passageiros e outras cargas.

A explosão resultou na morte de seis pessoas e deixou mais 12 feridos. A Marinha do Brasil e a Polícia Civil do Acre investigaram as causas da explosão.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat