NOSSAS REDES

Mâncio Lima

Juiz Alex Oivane condena idoso por agredir esposa, agredida por negar relação sexual

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Autora possui 77 anos de idade e é casada com o ofensor há aproximadamente 40 anos.

O Juízo da Vara Criminal de Mâncio Lima julgou procedente a denúncia do Processo n° 0000600-79.2017.8.01.0015 e condenou F.X.R. por lesão corporal, delito descrito no artigo 129, §9º, do Código Penal com aplicação da Lei Maria da Penha. A decisão foi publicada na edição n° 6.082 do Diário da Justiça Eletrônico (fl. 109).

O juiz de Direito Alex Oivane, titular da unidade judiciária, afirmou que a agressão física decorreu da negativa da vítima em manter relação sexual com o réu, o que indica elementos suficientes para reprovação da conduta.

A pena definitiva foi fixada em um ano de detenção, em regime inicial aberto. Determinada ainda reparação à vítima por dano moral no valor de R$ 2 mil.

Entenda o caso

A autora possui 77 anos de idade e é casada com o ofensor há aproximadamente 40 anos, juntos possuem sete filhos. Durante os anos de convivência, o casal se separou por quatro vezes. Segundo a denúncia, esse tinha voltado para casa há poucos dias, porque mais uma vez tinha se separado para viver com outra pessoa, no entanto, com o fim do relacionamento extraconjugal voltou a residir com a esposa.

A vítima relatou que o agente andava muito nervoso e não a deixava “em paz”. No dia do delito, encontrava-se dormindo na rede quando o denunciado chegou empurrando-a com força, querendo que ela fosse para cama para manterem relação sexual. A vítima se recusou e, a fim de se esconder dele, dirigiu-se à parte externa da casa. Insatisfeito, o denunciado também se dirigiu à parte externa e desferiu três socos na mulher.

Decisão

O réu afirmou ter apenas segurado o braço da mulher, contudo, a alegação é isolada nos autos. O magistrado assinalou que a dinâmica dos fatos narrados pela demandante é condizente com as lesões atestadas no laudo de exame de corpo de delito.

As consequências da infração penal obtiveram valoração negativa na dosimetria. “A vítima apresentou hematomas na região anterior do braço direito e na região anterior do tórax. Tenho que as consequências do delito fogem aos limites da normalidade”, asseverou.

Desse modo, foram vislumbradas provas suficientes para sentença condenatória, não incidindo qualquer causa excludente de ilicitude ou de culpabilidade. Foi concedido ao réu o direito de apelar em liberdade. Por Gecom/TJAc.

Mâncio Lima

Melancia de casca amarela faz sucesso no município de Mâncio Lima, interior do Acre

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No sítio do engenheiro agrônomo, produtor rural e funcionário público, Romoaldo da Silva no Ramal do Feijão Insosso em Mâncio Lima, a atração é a melancia de casca amarela (lembra a do melão) e que é muito, muito mais doce, que e a comum, de casca verde.
Em agosto do ano passado, Romoaldo conheceu a fruta em uma feira em Jarú em Rondônia, trouxe a semente para o Acre e guardou na geladeira. Este ano plantou apenas 75 covas junto com o híbrido da melancia de casca verde. A adaptação foi boa e agora ele está colhendo a melancia que alcança entre 8 e 16 quilos e é muito adocicada.
As vendas da melancia exótica são feitas no próprio sítio e em um carro que Romualdo leva para as feiras de Mâncio Lima. “A aceitação nos surpreendeu e por isso vamos expandir o plantio para ter escala comercial aí poderemos alcançar o mercado de Cruzeiro do Sul e Rio Branco’ , cita o produtor que conta com a ajuda do filho Bruno, também engenheiro agrônomo.
O radialista Jenildo Cavalcante, diz que ficou impressionado ” com a doçura da melancia exótica. Essa produção também é a prova de que é possível ter uma agricultura familiar forte e sustentável aqui na região’, conclui.

Continue lendo

Mâncio Lima

Jovem morre em acidente de trânsito ao sair do trabalho em Mâncio Lima

Juruá em Tempo, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O jovem Jonathan Amaral morreu no início da noite desta sexta-feira, 12, após um acidente de trânsito, registrado na Colônia São Francisco, em Mâncio Lima (AC).

A vítima se deslocava do trabalho para casa no momento do acidente. De acordo com informações de populares, o jovem trafegava em frente a Escola Francisca Freire de Carvalho quando foi surpreendido por outra motocicleta na contra-mão. Com a colisão, a vítima fatal foi arremessada a alguns metros de distância.

A outra vítima foi conduzida para o hospital local com escoriações pelo corpo, onde deve receber atendimento. O corpo de Jonathan ainda permanece no local aguardando o Instituto Médico Legal (IML).

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )