NOSSAS REDES

ACRE

JUNTOS, ACUSADOS DE DECAPITADA MULHER NO CALADINHO SÃO CONDENADOS A MAIS DE 65 ANOS DE PRISÃO

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O julgamento dos acusados de decapitar a jovem Débora Bessa, de 20 anos, num crime em que a vítima foi capturada e levada para o Bairro Caladinho, onde foi amarrada e depois teve a cabeça separada do tronco a golpes de facão, terminou por volta das 21h30 desta quinta-feira. Foram mais de 12 horas de julgamento.

Entenda: Vídeo mostra jovem desaparecida sendo decapitada a golpes de terçado

André de Souza Martins, foi condenado a 42 anos e três meses de prisão, além de 20 dias multas pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e integrar organização criminosa. Luciele Souza do Nascimento vai cumprir 20 anos e quatro meses de reclusão e 20 dias multa pelos mesmos crimes.

André de Souza Martins, o principal acusado, confessou o crime e diz que matou a garota por vingança. A violência do crime foi tamanha que o corpo não pôde ser velado.

O crime ocorreu em 2018 e chocou pela frieza dos assassinos, que filmaram toda a ação de decapitação e esquartejamento e publicaram o vídeo em aplicativos de celular das redes sociais.

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat