NOSSAS REDES

ACRE

Justiça decreta prisão preventiva do homem que confessou matar o próprio filho

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Justiça do Acre decretou a prisão preventiva de José Barbosa Bispo, após ele ser ouvido em audiência de custódia. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) na manhã desta terça-feira (11).

José Bispo é suspeito de matar o filho Raimundo José Marque Bispo, de 19 anos, com uma facada na coxa, no último domingo (9), no bairro Abraão Alab, em Rio Branco.

O suspeito foi preso logo após o crime. Ele chegou a se esconder na casa da mãe, mas foi entregue por familiares e confessou o crime à polícia. Depois, ele foi ouvido na Delegacia de Flagrantes (Defla) e informou que os dois moravam só e que os desentendimentos entre os dois eram constantes.

O delegado Josemar Portes, que ouviu José Barbosa, durante o flagrante informou, ainda na segunda-feira (10), que José Bispo estava alcoolizado e não detalhou sobre o motivo do desentendimento dos dois.

“Foi um desentendimento de convivência e o pai alegou que o filho era usuário de droga. Ele falou em desentendimento, mas estava alcoolizado também e isso vai ser melhor apurado, porque ontem foi apenas o flagrante”, informou o delegado.

Portes disse que os dois moravam sozinhos e não houve testemunhas do caso e que durante as investigações deve ser apurada como era a relação dos dois e o que teria motivado o crime.

G1 entrou em contato com o delegado Cristiano Bastos, que está responsável pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) esta semana, para saber mais detalhes sobre o caso e se já tem mais informações sobre motivação do crime, mas ele informou que o caso ainda não chegou até ele.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat