NOSSAS REDES

ACRE

Médico morre aos 59 anos de Covid-19 e causa comoção no interior do Acre: ‘se doou’

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Covid-19 levou mais um profissional de saúde do Acre. O clínico geral Ivar Rolando Bazualdo Rocabado, de 59 anos, morreu no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, nesta quarta-feira (10) com a doença. Ele trabalhava na região do Vale do Juruá há 11 anos.

A morte do médico abalou os profissionais de saúde de Mâncio Lima, onde ele atuava ultimamente. Imagens gravadas logo após o falecimento do clínico mostram os colegas de trabalho chorando e orando em frente ao hospital da cidade.

“A cada dia a gente vai tendo a certeza de que não viemos aqui para ficar. Nossa parcela é de contribuição a cada dia, e agradeço a Deus por ele ter botado o Ivar em nossas vidas e ele deu seu sim até a morte. Que a gente possa ter esse legado até o fim, dar as mãos e dizer sim e que esse entendimento fique no coração de cada um. A vida é curta, mas que a gente faça o melhor ao nosso próximo. Foi assim que ele se doou”, disse uma profissional em lágrimas.

Além de Mâncio Lima, o profissional também atendia nas unidades de Rodrigues Alves, Santa Luzia e Cruzeiro do Sul.

Sesacre e CRM-AC lamentam

A morte do profissional também foi lamentada pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) e pelo Conselho Regional de Medicina (CRM-AC).

“A Sesacre se solidariza com amigos e familiares, manifestando condolências e rogando a Deus que o receba com júbilos e que Ele conforte o coração de todos”, diz parte da nota da Sesacre.

“O médico era inscrito no CRM-AC há 11 anos e atuava na região do Juruá. Cientes da dor que passam os familiares e amigos, o Conselho expressa sua solidariedade e lamenta a grande perda para a classe médica”, lamenta.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat