NOSSAS REDES

ACRE

MORADORA DE PRÉDIO NO AC QUE PASSOU POR VISTORIA APÓS TERREMOTO DIZ QUE TOMOU SUSTO: ‘FOMOS PRA FORA DE CASA’

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A dona de casa Maricelia Rodovalho disse que tomou um susto na madrugada deste domingo (26) quando estava em casa e sentiu a porta do quarto do prédio em que ela mora tremer. Ela contou ao G1 que de início não conseguiu identificar exatamente o que estava acontecendo, mas que acordou o marido e logo eles perceberam que se tratava de um tremor de terras.

O terremoto de magnitude de 7,2 graus foi detectado no Alto Amazonas do Peru, a cerca de 70 Km a sudeste do distrito de Lagunas, segundo informou o Instituto Geofísico Peruano (IGP), foi sentido em pelo menos cinco cidades do Acre – Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Tarauacá, Marechal Thaumaturgo e Feijó. Não houve feridos, a informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros.

Maricelia mora no 15º do Condomínio La Reserve, que fica no Conjunto Mariana, em Rio Branco. O local foi um dos que solicitou avaliação do Corpo de Bombeiros após o terremoto. Os bombeiros informaram que não houve nenhum dano no prédio e que o local é seguro.

“Era por volta das 2h40 [4h40 horário de Brasília] quando senti a porta do quarto, que é de correr, tremer, eu coloquei a mão na parede e senti algo, aí chamei meu marido e quando ele acordou já não estava mais tremendo. Ouvimos umas conversas do lado de fora do prédio e barulho e percebemos que alguns vizinhos tinham descido, pegamos nossa filha e descemos também”, falou.

A moradora disse que ficou com o marido e a filha até às 4h conversando no térreo com os vizinhos que contavam que tinham sentido coisas diferentes acontecer durante o tremor de terras. “Diziam que viram lustres balançando, portas correndo, janelas balançando, cortinas fora do lugar”, acrescentou.

Depois que os moradores souberam que era realmente um terremoto e que tinha ocorrido no Peru, o Corpo de Bombeiros foi chamado para avaliar os prédios apenas por precaução. “Eles entraram e ficaram andando apenas para avaliar, mas não aconteceu nada na estrutura”.

Sobre o terremoto

O IGP informou que o tremor foi sentido às 2h41 (horário local do Peru, 3h41 em Brasília) a uma profundidade de 141 quilômetros.

A imprensa peruana disse que em localidades próximas ao epicentro, o abalo foi sentido de maneira clara. O tremor também foi registrado na capital do Peru, Lima. Não há informações sobre danos ou feridos.

No Acre, de acordo com o major Cláudio Falcão, da assessoria de comunicação dos bombeiros, a corporação foi informada do tremor através de chamados por volta das 1h40, horário local.

“De 2010 até 2019 nós tivemos todo ano tremor de terras no Acre, sendo que em 2010 foram três no mesmo ano e 2015 quatro. O interessante também é que em 2015 quando foram quatro tremores foi em dois dias, 25 e 26 de novembro”, afirmou.

Esse é o segundo tremor de terras sentido no Acre em 2019. No dia 5 de janeiro, os moradores de Tarauacá, no interior do Acre, sentiram a terra tremer e, de acordo com USGS, o abalo chegou à magnitude 6,8.

Bombeiros atendem oito ocorrências em Rio Branco

Oito ocorrências foram registradas na capital acreana, Rio Branco, durante o terremoto de magnitude de 7,2 graus que foi detectado no Alto Amazonas do Peru, a cerca de 70 Km a sudeste do distrito de Lagunas.

Em Rio Branco, segundo o major Cláudio Falcão, dos bombeiros, as ocorrências foram registradas todas durante a madrugada e foram solicitadas para averiguação de estruturas.

“Foram seis ocorrências em prédios e em duas residências na baixada da Sobral. Nós fomos durante a madrugada, fizemos vistorias em todos os locais, porque deu uma tremida nos prédios e as pessoas sentem mais. Não houve dano em nenhuma das estruturas”, finalizou.

ACRE

Gladson elogia atuação da Segurança Pública e confirma novo prédio para a Sejusp

Blog do Evandro Cordeiro, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, afirmou na manhã desta sexta-feira, 23, que confia nos profissionais da Segurança Pública. De acordo com o gestor, o trabalho desempenhado pelas polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Instituto Socioeducativo (ISE) tem sido bem avaliado pela população.

“Temos pesquisas internas que comprovam que as pessoas estão gostando da atuação de todos vocês e quero dizer que este trabalho precisa ser feito em união com todos os órgãos que integram a Segurança Pública para que possamos enfrentar os desafios e restabelecer a paz paras as famílias acreanas”, enfatizou Cameli.

Levantamentos oficiais já apontam a redução de 35,4% no número de assassinatos no primeiro semestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado. O governo estadual não tem medido esforços para equipar as forças policiais. Em breve, um helicóptero e outras 110 viaturas chegarão ao Acre para ajudar no enfrentamento ao crime, assim como a incorporação de 500 novos policiais civis e militares que foram convocados por Gladson Cameli.

Durante o café da manhã de confraternização com os servidores da pasta, o governador surpreendeu a todos ao anunciar que a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) funcionará em uma parte do futuro Museu dos Povos Acreanos, no Centro de Rio Branco.

“Este local já não atende mais a demanda da Segurança Pública e diante da importância que esta secretaria representa para o nosso governo e visando melhorar as condições de trabalho dos servidores, estou abrindo mão do meu gabinete que seria levado para o museu e cedendo aquele espaço para melhor atender a nossa Segurança Pública”, explicou.

Para o secretário Paulo Cézar Rocha dos Santos, a futura sede da Sejusp será “um espaço extremamente qualificado, principalmente na esfera das áreas tecnológicas e operacionais que poderão ofertar uma melhor resposta À sociedade”, pontuou.

O evento contou ainda com a participação do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ezequiel Bino, do comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Batista, do diretor-presidente do Iapen, Lucas Gomes, e do diretor-presidente do ISE, Rogério Silva.

Continue lendo

ACRE

Monitorado é preso acusado de integrar facção criminosa; com ele a polícia encontrou arma e dinheiro

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 

A Polícia Civil apresentou na manhã desta sexta-feira, 23 Ilson Olímpio de Araújo Martins, preso na tarde de ontem [quinta-feira, 22] na região bairro Bosque em Rio Branco.

Ilson, que já era monitorado por tornozeleira eletrônica por tráfico de drogas, estava sendo investigado por ser integrante de uma organização criminosa.

Após ser conduzido até sua residência, no bairro Jorge Lavocar, foi localizado e apreendido material para embalagem de droga, balança de precisão, uma certa quantidade em dinheiro e um revolver calibre 38 municiado.

O Delegado Marcos Cabral, responsável pela ação disse que após busca e apreensão, não foram encontradas drogas na residencia, mas ele foi enquadrado pelo crime ilegal de posse de arma de fogo.

Ele foi conduzido à Delegacia de Flagrantes para os devidos procedimentos cabíveis.

FONTE: NOTÍCIAS DA HORA

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?