NOSSAS REDES

ACRE

Morre servidora pública baleada na cabeça durante festa em chácara

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Após conversas com familiares e médicos, finalmente a servidora pública Jacilene Farias de Lima, de 40 anos, que teve morte cerebral declarada pelos médicos neste domingo (5) teve os aparelhos desligados no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Jacilene foi oficialmente declarada sem vida às 23h28min desta segunda-feira (6), após o término de protocolo de morte cerebral.

O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e em seguida será liberado aos familiares para o velório.

Entenda o caso

Jacilene Farias foi ferida com um tiro na cabeça na noite de sábado (4) em uma festa na Chácara Via Park, localizada ao lado do antigo Top 15, na Rodovia AC-40, bairro Santa Maria em Rio Branco.

De acordo com informações de amigos, no dia do ocorrido Jacilene participava de uma festa com o namorado e se deslocou até a frente da chácara para comprar um churrasquinho, quando dois homens não identificados numa motocicleta se aproximaram e efetuaram vários tiros em direção da festa. Jacilene foi ferida na cabeça e uma mulher identificada como Marcela Morais, de 36 anos, ferida no ombro.

Moradores da região chegaram a afirmar a polícia que a motivação do crime pode ter ocorrido porque geralmente no local sempre há uma festa de uma organização criminosa.

“Dizem que nesse local ocorre festa de facção, eles alugam o local, mas no dia estava ocorrendo uma festa normal, os criminosos rivais passaram no local e deduziram que estava acontecendo a festa da organização criminosa e efeturam vários tiros”, disse um policial.

Jacilene trabalhava como recepcionista no Hospital das Clínicas. Era divorciada e deixa um único filho.

Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já colheram informações no local e já conversaram com a outra vítima no Pronto Socorro e segue em busca de identificar os autores do crime.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat