NOSSAS REDES

BEM-ESTAR

No AC, comunidade que trata de dependentes químicos faz almoço para arrecadar dinheiro para terminar sede

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Evento ocorre no próximo dia 2, no Parque das Acácias, bairro Floresta Sul. Ideia é arrecadar entre R$ 7 a R$ 9 mil para terminar a obra da sede, que fica na Estrada de Porto Acre.

Foto: Dinheiro vai ajudar a terminar obra da sede da comunidade terapêutica (Foto: Arquivo pessoal).

Para construir a sede própria e voltar a atender pessoas com dependência química, uma comunidade terapêutica de Rio Branco organiza um almoço beneficente para arrecadar fundos e continuar as obras. O objetivo é conseguir entre R$ 7 a R$ 9 mil com o almoço, que ocorreu no próximo dia 2, no Parque das Acácias, em Rio Branco.

A comunidade suspendeu os atendimentos em março deste ano para iniciar as obras. A ideia é retornar os atendimentos em janeiro de 2019. Com serviços sociais e qualidade de vida, o grupo trata de homens que sofrem com alguma dependência seja com álcool ou outras drogas desde o ano de 2010.

“Ficávamos em chácaras cedidas por amigos, mas hoje, infelizmente, a resolução 29 exige que você tenha um lugar adequado de acessibilidade e próprios para a dependência química. Tínhamos duas soluções, ou fazíamos nossas adequações nessas chácaras emprestadas ou tomávamos a decisão de começar um projeto novo e regulamentado. Fizemos uma parceria com a Vepma [Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas] que nos auxiliou com o material de construção”, explicou o pastor Fernando Magri.

Ainda segundo o pastor, o projeto montado e que tem parceria com a Vepma não auxilia com a mão de obra, apenas com o material de construção. Para conseguir pagar os trabalhadores, os organizadores fazem programações, algumas já realizadas, para terminar a obra.

“Fizemos uma feijoada, uma rifa e agora dia 2 de setembro vamos fazer o almoço para acabar a construção. Só com o almoço não vai dar para terminar, mas cada evento que estamos fazendo se aproxima de terminarmos o projeto. Vai ter churrasco, muito brinquedos, empresas parceiras vão levar brinquedos, vai ter bingo”, complementou.

O ingresso do evento custa R$ 15, que pode ser adquirido com o pastor ou no dia do almoço. As crianças podem brincar nos brinquedos pelo valor de R$10. “A comunidade atende 12 pessoas, mas hoje está fechada. Ao término da construção queremos atender 24 pessoas. A nova sede é no km 10 da Estrada de Porto Acre”, concluiu. Por G1Ac.

BEM-ESTAR

Equipes da Fiocruz fazem exames em moradores de comunidades de Porto Walter

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Técnicos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) realizam em comunidades rurais e ribeirinhas de Porto Walter, o Inquérito de Prevalência para Eliminação do Tracoma. A Tracoma causa cegueira e atinge principalmente crianças entre 1 e 9 anos. Em 2003 muitos casos foram detectados nas cidades do Vale do Juruá e o objetivo do Ministério da Saúde é erradicar a doença do Brasil até 2020.

A equipe, composta por profissionais da Bahia, Paraná e Acre realiza exames de moradores das Comunidade Besouro, Grajaú, Foz do Natal e Vitória.

O exame tem resultado na hora e de acordo com o tipo de Tracoma, o tratamento é garantido “in loco” em dose única de antibiótico. Em casos graves, o paciente é encaminhado para cirurgia por meio do Ministério da Saúde.

O supervisor das atividades do Ministério da Saúde na região, Nicolau Abdala, cita que em Porto Walter são feitos cerca de mil exames, que também já foram realizados em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Marechal Thaumaturgo. Até agora nenhum caso positivo foi detectado. “Em Porto Walter contamos com total apoio do secretário municipal de Saúde Sebastião Cezar Andrade”.

Exames também são feitos em comunidades dos Estados do Amazonas, Rondônia, Maranhão, Pernambuco e Alagoas.

Saiba o que é

O Tracoma é uma doença causada pela bactéria Chlamydia Trachomatis. É uma infeção inflamatória ocular crônica. As lesões resultantes do atrito podem levar a alterações na córnea, causando cegueira.

Continue lendo

BEM-ESTAR

Coronel do Exército é nomeado como o novo presidente da Fundação Hospitalar do Acre

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Como já havia sido anunciado pelo governo acreano, o Diário Oficial trouxe na manhã desta quinta-feira, 22, o decreto de nomeação de Laura Ferreira de Melo como novo presidente da Fundação Hospital Estadual do Acre.
Lauro ocupa a vaga do odontólogo Lúcio Brasil que foi exonerado. A troca de gestão foi o motivo para um protesto durante a manhã de quarta na Fundação, quando servidores insatisfeitos com a demissão fizeram um ato com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sintesac).

Lauro é o quarto militar da reserva do Exército Brasileiro que é convidado para um cargo na Secretaria Estadual de Saúde do Acre, desde que a médica Mônica Feres assumiu a gestão. Dos três, permanecem no governo Jorge Fernando de Rezende, Secretário Adjunto de Assistência à Saúde, Marcos Sergio Da Silva Faustino Marques, Secretário Adjunto Executivo – Administrativo, Orçamento e Finanças, e agora o novo comandante da Fundhacre

Continue lendo

Super Promoções

WhatsApp chat