NOSSAS REDES

ACRE

No dia do trabalhador, pastor diz que fatura mais de R$ 2 mil com venda de pães em sinais

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

De acordo com o servo de Deus, o Dia do Trabalhador é importante para a sociedade, pois é uma  forma de engrandecer a dignidade humana

No dia do trabalhador, comemorado anualmente no 1° de maio em todo o país, a reportagem do ContilNet procurou ouvir profissionais que são quase esquecidos pelas funções que exercem. É o caso do pastor Apolônio, de 57 anos, figura bastante conhecida na Estação Experimental, que diariamente ganha a vida vendendo pães caseiros de boa qualidade no sinal em frente à loja Agroboi, na Avenida Ceará.

De acordo com o “servo de Deus”, como preferiu ser chamado, o Dia do Trabalhador é importante para a sociedade, pois é uma  forma de engrandecer a dignidade humana. Ele conta que sua luta diária em um dos sinais mais movimentados da cidade começou há dois anos, mais especificamente em 2017, no entanto, o resultado de vendas é satisfatório. “É uma bênção, pela minha idade isso é uma porta que foi aberta para ganhar meu sustento”, destacou.

Segundo Apolônio, que também vende cartelas do Acrecap pela parte do dia em frente à farmácia Pague Menos, a ideia de vender pães partiu de uma iniciativa conjunta, com 7 irmãs da igreja na qual ele congrega. “Quem faz essas delícias é a irmã Teresa. Por dia eu vendo de 20 a 25 pães”, explicou, dizendo que chega ao ponto de trabalho às 15 horas.
No geral, Apolônio afirmou que fatura mais de R$ 2 mil reais por mês e, deste valor, ele oferta para a obra divina, 20%; algo em torno de 200 reais. “Deus me recompensa muito mais”, declarou

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat