NOSSAS REDES

ACRE

Pai é suspeito de estuprar gêmeas de 13 anos no AC; polícia investiga se filha mais velha também sofreu abuso

PUBLICADO

em

Um agricultor, de 52 anos, foi preso suspeito de abusar sexualmente das filhas gêmeas de 13 anos. O caso ocorreu no Ramal da Branca, zona rural de Rodrigues Alves, interior do Acre. Os abusos teriam iniciado há mais de um ano e foram denunciados por uma tia das vítimas que visita a família na comunidade.

O homem foi preso nessa quarta-feira (24) e nega os crimes. Após a prisão, a Polícia Civil recebeu informações de que a filha mais velha do suspeito também teria sido vítima dos abusos.

O delegado responsável pelas investigações, Obetâneo dos Santos, explicou que a parente que denunciou o crime chegou na comunidade recentemente e foi procurada por uma das vítimas. As meninas relataram que o pai aproveitava quando estava a sós com elas para praticar o estupro.

“Na residência dele tem uma parente que chegou de viagem e uma das meninas conversou com ela, que passou para a polícia. Os atos estavam se reiterando porque as meninas moravam na casa. As meninas contam com riqueza de detalhes [o que acontecia]. Elas falam tudo, e ele nega. Segundo uma delas, tem um ano mais ou menos que elas vêm passando por isso”, relatou.

As vítimas contaram que, algumas vezes o pai chegava bêbado em casa e as obrigavam a ter relações com ele. As meninas moravam com o pai e a mãe. O delegado falou que vai ouvir a mãe das vítimas e disse que desconfia que a mulher tinha conhecimento dos abusos.

“As duas moram no mesmo teto que ele, ou seja, estavam à disposição dele. Pressuponho que ela [mãe das vítimas] sabia porque são duas [vítimas] e demorou muito para chegar à polícia. Estou com cautela para apurar isso com relação à mãe”, afirmou o delegado.

Nesta quinta (25), a polícia começou as diligências para descobrir se a filha mais velha do agricultor também sofreu abusos sexuais.

Com informações de g1acre

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS