NOSSAS REDES

ACRE

Para ajudar em tratamento de fotógrafo, família põe à venda livro com cerca de 100 fotos históricas do AC

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Fotógrafo Américo de Mello registrou momentos históricos do Acre e reuniu tudo em um livro. Obra é vendida a R$ 50 e dinheiro vai ajudar no tratamento de saúde dele.

Foto de capa: Acervo reúne cliques da história do Acre feitos pelo fotografo Américo de Mello (Foto: Américo de Mello/Arquivo pessol).

Cliques históricos como a assinatura da lei que elevou o Acre a Estado, em junho de 1962, são algumas das fotografias feitas pelo fotógrafo Américo de Mello, de 91 anos, encontradas no livro Encontro da História do Acre – Estado 50 anos.

Para ajudar no tratamento de saúde de Mello, a família colocou 400 exemplares da obra à venda. O livro pode ser adquirido pelo valor de R$ 50. Os familiares não informaram a doença de Mello, apenas disseram que são complicações devido à idade.

O interessado em adquirir o livro, deverá entrar em contato pelo telefone 68 9.9947-7633 (Bruna Mello).

Américo de Mello é um dos principais jornalistas do Acre. Construiu, ao longos dos anos, um acervo importantíssimo de registros marcantes da história do estado, passagem de personalidades como Mané Garrincha.

Trabalhou com o jornalista José Chalub Leite, integrou a Associação dos Repórteres Fotográficos de São Paulo e a Associação dos Repórteres Cinematográficos do Brasil no Acre. Além disso, foi correspondente de revistas brasileiras.

 Livro com fotos de momentos históricos do Acre estão disponível para venda (Foto: Américo de Mello/Arquivo pessol)

Livro com fotos de momentos históricos do Acre estão disponível para venda (Foto: Américo de Mello/Arquivo pessol)

“Há quatro anos o pai adoeceu e aos poucos foi deixando de lado o trabalho dele por conta da saúde. Esse ano, a gente viu que o acervo estava se perdendo por causa do tempo. Como os custos com a saúde, médicos e cuidadores são bem altos, conseguimos fazer uma campanha de venda para arrecadar custos”, explicou a filha do fotógrafo, a jornalista Bruna Mello.

Ainda segundo ela, o livrou reúne uma seleção com ceca de 100 fotos. Com mais de 60 anos de carreira, Mello registrou a passagem de importantes personalidades pelo Acre. Sobre o livro, a família contou que a obra foi lançada em 2012.

“São fotos que retratam o momento histórico do Acre, personalidades que passaram por aqui. A gente quer vender o que tem e arrecadar aos poucos. A pessoa pode ir buscar ou combinamos a entrega”, detalhou.

Fotografo Américo de Mello é um dos principais jornalistas do Acre e enfrenta problemas na saúde (Foto: Arquivo da família) Fotografo Américo de Mello é um dos principais jornalistas do Acre e enfrenta problemas na saúde (Foto: Arquivo da família)

Fotografo Américo de Mello é um dos principais jornalistas do Acre e enfrenta problemas na saúde (Foto: Arquivo da família). Com informações de Aline Nascimento, G1 AC, Rio Branco.

O interessado em adquirir o livro, deverá entrar em contato pelo telefone 68 9.9947-7633 (Bruna Mello).

ACRE

Gladson elogia atuação da Segurança Pública e confirma novo prédio para a Sejusp

Blog do Evandro Cordeiro, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, afirmou na manhã desta sexta-feira, 23, que confia nos profissionais da Segurança Pública. De acordo com o gestor, o trabalho desempenhado pelas polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Instituto Socioeducativo (ISE) tem sido bem avaliado pela população.

“Temos pesquisas internas que comprovam que as pessoas estão gostando da atuação de todos vocês e quero dizer que este trabalho precisa ser feito em união com todos os órgãos que integram a Segurança Pública para que possamos enfrentar os desafios e restabelecer a paz paras as famílias acreanas”, enfatizou Cameli.

Levantamentos oficiais já apontam a redução de 35,4% no número de assassinatos no primeiro semestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado. O governo estadual não tem medido esforços para equipar as forças policiais. Em breve, um helicóptero e outras 110 viaturas chegarão ao Acre para ajudar no enfrentamento ao crime, assim como a incorporação de 500 novos policiais civis e militares que foram convocados por Gladson Cameli.

Durante o café da manhã de confraternização com os servidores da pasta, o governador surpreendeu a todos ao anunciar que a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) funcionará em uma parte do futuro Museu dos Povos Acreanos, no Centro de Rio Branco.

“Este local já não atende mais a demanda da Segurança Pública e diante da importância que esta secretaria representa para o nosso governo e visando melhorar as condições de trabalho dos servidores, estou abrindo mão do meu gabinete que seria levado para o museu e cedendo aquele espaço para melhor atender a nossa Segurança Pública”, explicou.

Para o secretário Paulo Cézar Rocha dos Santos, a futura sede da Sejusp será “um espaço extremamente qualificado, principalmente na esfera das áreas tecnológicas e operacionais que poderão ofertar uma melhor resposta À sociedade”, pontuou.

O evento contou ainda com a participação do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ezequiel Bino, do comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Batista, do diretor-presidente do Iapen, Lucas Gomes, e do diretor-presidente do ISE, Rogério Silva.

Continue lendo

ACRE

Monitorado é preso acusado de integrar facção criminosa; com ele a polícia encontrou arma e dinheiro

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 

A Polícia Civil apresentou na manhã desta sexta-feira, 23 Ilson Olímpio de Araújo Martins, preso na tarde de ontem [quinta-feira, 22] na região bairro Bosque em Rio Branco.

Ilson, que já era monitorado por tornozeleira eletrônica por tráfico de drogas, estava sendo investigado por ser integrante de uma organização criminosa.

Após ser conduzido até sua residência, no bairro Jorge Lavocar, foi localizado e apreendido material para embalagem de droga, balança de precisão, uma certa quantidade em dinheiro e um revolver calibre 38 municiado.

O Delegado Marcos Cabral, responsável pela ação disse que após busca e apreensão, não foram encontradas drogas na residencia, mas ele foi enquadrado pelo crime ilegal de posse de arma de fogo.

Ele foi conduzido à Delegacia de Flagrantes para os devidos procedimentos cabíveis.

FONTE: NOTÍCIAS DA HORA

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?