NOSSAS REDES

ACRE

Polícia prende terceiro suspeito de participar da morte de adolescentes encontrados em cova no interior do Acre

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Foto de capa: Leonardo de Albuquerque Carvalho — Foto: Divulgação Polícia Civil/AC.

Adolescentes foram encontrados mortos em área de mata — Foto: Reprodução Rede Amazônica/Acre. 

A polícia prendeu Antônio Fagundes, de 18 anos, nesta terça-feira (31), no município de Manoel Urbano, no interior do Acre. Ele é um dos suspeitos de participar da morte dos adolescentes Thauan Araújo de Oliveira, de 16 anos , e Amanda Paiva Cavalcante, de 14, que foram encontrados em uma cova rasa, no dia 26 de dezembro em Sena Madureira.

“A gente foi lá pela manhã e fez a prisão dele que estava com uma arma de brinquedo e munições calibre 38”, disse o delegado Marcos Frank, responsável pelas investigações.

Os adolescentes desapareceram no dia 20 de dezembro e os corpos foram encontrados pela Polícia Militar na última quinta-feira enterrados em uma cova no bairro Niterói, que fica no Segundo Distrito da cidade.

Após os corpos serem encontrados, duas adolescentes foram apreendidas, suspeitas de participar do crime. Ao todo cinco pessoas foram identificadas como participantes das mortes, segundo informou o delegado.

Leonardo de Albuquerque Carvalho — Foto: Divulgação Polícia Civil/AC

Leonardo de Albuquerque Carvalho — Foto: Divulgação Polícia Civil/AC.

Além disso, foi cumprido mandado de prisão contra Leonardo de Albuquerque Carvalho, de 26 anos, suspeito de ser o mandante do crime. A prisão dele ocorreu no mesmo dia que os corpos foram encontrados por ameaçar de atear fogo nas testemunhas que dessem informações sobre o caso e depois, com o avanço das investigações, ele foi apontado como mandante do crime.

“Ele estava preso por ameaçar testemunhas. A prisão dele foi feita no dia que os corpos foram achados. A gente começou a ouvir umas testemunhas e recebemos a informação que ele começou a ameaçar algumas pessoas lá no bairro. A prisão em flagrante por coação ao curso do processo”, disse.

Jairo da Silva Almeida foi preso no bairro Vitória em Sena Madureira — Foto: Divulgação Polícia Civil/AC

Jairo da Silva Almeida foi preso no bairro Vitória em Sena Madureira — Foto: Divulgação Polícia Civil/AC.

Já na segunda-feira (30), Jairo da Silva Almeida foi preso no bairro Vitória em Sena Madureira, pela Polícia Militar. Ele também é suspeito de participar da morte dos adolescentes.

Frank disse que os suspeitos ainda devem ser ouvidos.

De acordo com a polícia, os amigos foram convidados por um conhecido para participar de uma festa na casa onde foram vistos pela última vez, no bairro Niterói. As investigações apontam que os adolescentes foram mortos pelo ‘Tribunal do Crime’ por fazerem parte de uma facção rival. Por Alcinete Gadelha, G1 AC.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat