NOSSAS REDES

CIDADES

Prefeitura de Taraucá trabalha no combate contra a dengue

Assecom - Prefeitura de Tarauacá, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

A Secretaria Municipal de Saúde de Tarauacá iniciou, nesta quarta-feira (07), a aplicação de inseticida para o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue e da chikungunya. A borrifação do inseticida é aplicado nos compartimentos das casas. O trabalho começou pelo bairro da Praia.

Nesta etapa, a Secretaria de Saúde, visa o controle dessas endemias, principalmente no bairro da Praia que apresenta casos confirmados de dengue.

“A gente quer que a população se conscientize, deixe entrar dentro das residência, para que possa fazer esse combate à dengue e que a gente possa diminuir [esse número de casos] até zerar”, explica a Secretária Municipal de Saúde, Meirivânia Daniel.

Para cada caso confirmado, é necessário realizar a borrifação em pelo menos seis quarteirões adjacentes, para garantir que o mosquito será eliminado. Este tipo de ação geralmente é realizada no início do dia, ou ao entardecer, horários em que o Aedes aegypti mais atua.

É dever de todo cidadão colaborar no combate ao Mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, evitando os reservatórios de água, armazenando o lixo da maneira correta, evitando colocá-lo em terrenos baldios, e fiscalizando, dia após dia, a situação da sua própria casa.

Cruzeiro do Sul

Pais acusam maternidade de Cruzeiro do Sul de negligência após morte do 1º filho durante parto

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Criança foi retirada no último dia 20 em uma cirurgia na maternidade de Cruzeiro do Sul. Para os pais, o filho morreu porque passou do tempo de nascer.

Foto de capa: Maternidade da Mulher e da Criança do Juruá, em Cruzeiro do Sul. 

Os pais do pequeno Abner de Lima Bezerra estão inconformados com a morte do filho. A criança nasceu morta de um parto cesárea feita no último dia 20 na maternidade de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Para a família, a morte do menino foi causada por negligência médica.

A reportagem entrou em contato com a direção da unidade de saúde, mas não obteve resposta.

Ao G1, o pai da criança e caminhoneiro, Lázaro da Silva Bezerra disse que já procurou uma delegacia da Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência pela morte do filho. Porém, devido ao feriado do carnaval foi aconselhado a retornar na quinta-feira (27).

“Foi negligência deles, porque fizemos pré-natal e tudo certo, fomos uma semana antes fazer um ultrassom e era para ter visto. Não sabiam ao certo quanto tempo ela estava. Vou procurar meus direitos porque foi negligência deles. Foi erro deles, porque viram que o menino estava passando da hora, não é normal o menino nascer de 42 semanas”, criticou.

Parto

Bezerra disse que procurou a unidade de saúde com a mulher Lucimeire Silva de Lima, no sábado (15). Lucimeire fez um exame de ultrassom e foi encaminhada para casa.

“Fomos de novo no dia 20 quando ela sentiu muita dor. Ela com dor, mas as enfermeiras dizendo que ia nascer, até que perceberam que não ia nascer de parto normal e chamaram o médico. Ele já nasceu morto, reanimaram, mas a pediatra disse que foi tirado morto”, relatou o pai.

Quando o médico chegou, Bezerra disse que as enfermeiras foram chamadas a atenção porque a criança estava passando do tempo de nascer. Então, Lucimeire foi levada para a sala de cirurgia.

“O médico disse que tinha que ser cesárea, que não ia ser de parto normal. Ainda deu ‘carão’ na enfermeira que estava cuidando dela e ela sentindo muita dor, o que não era normal. O médico falou que corria risco dela e do bebê morrerem. Eu, como pai de primeira viagem, sem saber o que fazer, sem reação, só vendo ela sofrendo com dor”, disse.

Lucimeire contou que fez o pré-natal em um posto do município. Ela revelou que depois que foi aconselhada a retornar para casa, no sábado (15), já passou a perder sangue e líquido.

“Disse que tinha perdido o tampão, que já tinha ido no sábado. Mandaram eu ir para casa e perguntei se era normal estar perdendo líquido. Fiquei uns dias em casa, o tampão saindo com mistura de sangue, sentia uma forte dor na virilha, mas aguentava”, acrescentou.

Ansiosa para segurar o primeiro filho nos braços, Lucimeire se disse revoltada com a morte da criança. “Me levaram para sala de cirurgia já nas últimas, tiraram ele e não vi mais nada. Tem muitos casos ali que as crianças passam do tempo de nascer. A maioria nasce antes ou depois, tem muita reclamação”, concluiu.

Continue lendo

ACRE

Vidente que previu terremoto no Acre prevê grande alagação em Tarauacá, entoação de hino, vitória e ventos Vitorino

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A visão de Valter Arauto se harmoniza com o contexto natural, social e político de Tarauacá. 

O vidente paulista da cidade de Birigui (SP), Valter Silva Ferreira (54 anos), famoso em todo o país por fazer previsões sobre o futuro, revelou com exclusividade que o município de Tarauacá sofrerá uma grande alagação. O vidente revelou, por outro lado, que o município terá dias de glória e de vitória, e entoará um hino.

O vidente é administrador do grupo de Facebook “Orakulo do Arauto & Central de Profecias” (veja aqui). Nele publica algumas de suas vidências mais recentes. Valter Arauto, como é conhecido, conversou com o Acre.com.br, e fez revelações surpreendentes. 

Tarauacá

Sobre Tarauacá, o enigma profético de Valter Arauto intitulado “Tarauacá”, foi assim revelado: “Um hino será tocado; após a grande alagação; uma nova vitória; após ventos Vitorino”, publicado na última quinta-feira, dia 20/02/2020.

Previsões acertadas

Entre suas principais previsões que já aconteceram, estão rompimento da barragem de Mariana, em Minas Gerais, e o fato do craque da seleção brasileira, Neymar, ficar fora da Copa do Mundo de 2014, após o jogo contra a Colômbia, em partida válida pelas quartas de finais do mundial do Brasil.

Em 31/01/2018, Valter anunciou uma vidência chamada “Ciro pela Culatra”, assim revelada: “Se ouvirá um tiro; que sairá pela culatra; não provoque o povo; queime a carta”.  E recentemente ocorreram fatos envolvendo Ciro Gomes e seu irmão Cid Gomes, vítima de dois tiros no peito.

Já no final de 2018, em 02 de dezembro, o vidente publicou uma visão intitulada o “Caixão do Zé”, e (pasmem!) na última quarta-feira, 19/02/2020, José Mojica Marins, popular “Zé do Caixão”, morreu aos 83 anos.

Neste domingo, sobre o Coronavírus, Valter afirmou que “Em janeiro de 2019 meu alerta como visionário foi dado. O surto está fora de controle e estão escondendo. O Brasil BR não vai escapar pois vi nas notícias futuras”, se referindo à profecia intitulada “A Gripe Aviária de 2019”, onde diz “Um bilhão de Chinês; A gripe aviária; Mal oculto no pulmão; A via aérea“, publicada em 13/01/19. Segundo Valter, “Assim como vi o surto, vi que o mastigar pétalas de Rosas previnem contra ele. O aroma das rosas evitam“, afirmou. 

Prefeita Marilete não será candidata à reeleição

Valter ainda revelou um enigma profético em que supostamente a Prefeita Marilete Vitorino terá novas vitórias após sua saída do comando da Prefeitura de Tarauacá.

Ao jornalismo do Acre.com.br, o vidente esclareceu que “Minhas previsões são Enigmas e precisam ser interpretadas”. A profecia é abrangente e precisa ser interpretada, como esclarece o próprio Valter.

O vidente quer dizer que a profecia não tem data exata para ocorrer. “Tudo acontecerá no espaço tempo”, disse Valter.

Fato que chamou atenção da reportagem, é a profundidade do enigma e a sofisticação poética por trás da vidência ao dizer “Após ventos Vitorino”. Essa previsão está em equilíbrio com o que a própria Prefeita Marilete tem afirmado diariamente, sua negativa e recusa a candidatar-se à reeleição. Que não é candidata a prefeita.

Marilete nós próximos dias anunciará formalmente que não é candidata à reeleição, possivelmente através de suas redes sociais. Fato que faz crer na assertiva da previsão “Após ventos Vitorino”.

Grande alagação 

Sobre o transbordamento do Rio Tarauacá, de acordo com informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros na tarde de sábado (22), o Rio Tarauacá apresentava a marca de 9,4 metros na medição das 12h. A cota de alerta é 8,5 metro e se aproxima da cota de transbordamento que é de 9,5 metros.

Por Acre.com.br

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias