NOSSAS REDES

ACRE

Primeiro curso superior de gestão de agronegócios do Acre é lançado pelo Ifac em Tarauacá

G1, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Segundo o Ifac, esse também é o primeiro curso de graduação do município primeiras vagas vão ser ofertadas no segundo semestre de 2019.

O primeiro curso superior de Tecnologia em Gestão de Agronegócios do Acre foi lançado nesta quinta-feira (17) no município de Tarauacá, interior do Acre. Esse também é o primeiro curso de graduação que a cidade recebe.

As aulas vão ser ministradas no campus do Instituto Federal do Acre (Ifac), que trouxe o curso para o estado. A oferta começa a partir do 2º semestre de 2019. De acordo com a Pró-Reitoria de Ensino (Proen), serão ofertadas 40 vagas, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) , com inscrições a partir de 4 de junho.

O curso tem três anos de duração e tem como foco formar profissionais para atuarem em processos gerenciais das organizações rurais, de comércio e indústria, além de ambientes agropecuários e agroindústrias.

O presidente da Comissão de Elaboração do Projeto Pedagógico do Curso (PPC) de Tecnologia em Gestão de Agronegócio, Bruno Rogoro Kawano, disse que como o curso é realizado em três anos, os profissionais vão se formar em um tempo mais rápido.

“Este vai ser um profissional que vai ter competências de tecnologia e gestão voltados ao agronegócio. É o primeiro e único curso, até então, do Acre, e vai possibilitar que o aluno trabalhe em diversas competências, como agroecologia, tecnologia, produção vegetal, produção animal, além de aspectos de gestão, como contabilidade e direito agrário, como também poderá se inserir em projetos de ensino, pesquisa e extensão”, destacou Bruno Kawano. A reitora do Ifac, Rosana Cavalcante dos Santos, disse que o curso foi pensado com base nos arranjos produtivos da região Tarauacá-Envira, e demais localidades.

“É o primeiro curso superior do Ifac no município de Tarauacá e isso representa uma expectativa de muitas pessoas. Por ser um curso tecnólogo, ele conta com o diferencial e possibilidade de inserção de novos profissionais no mercado de trabalho com mais rapidez, já que é uma graduação com duração de três anos”

Para o empresário José Teles de Oliveira Filho, a nova graduação ofertada pelo Ifac em Tarauacá vai contribuir, diretamente, para o setor agropecuário. Segundo ele, a região demanda conhecimento para que a produtividade seja aumentada.

“Temos um rebanho grande e precisamos de tecnologias para um manejo e nutrição adequados. Para que o produto que nosso cliente necessita tenha características ideais”, destacou.

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat