NOSSAS REDES

ACRE

Psicóloga comove a internet ao publicar carta ao agressor que deixou irmão cego no Acre

PUBLICADO

em

A psicóloga Mayara Lima é irmã do músico Pedro Lucas, 19 anos, que ficou cego após ser atingido por uma chave de fenda ao ser agredido em maio deste ano após uma confusão em uma conveniência, localizada em um posto de gasolina na capital acreana. No último dia 29 de julho, Pedro recebeu em São Paulo, o diagnóstico definitivo de que o dano no nervo ótico ocasionado pela agressão é irreversível.

Em uma carta divulgada nas redes sociais endereçada ao agressor, Mayara comoveu diversos internautas. A psicóloga começa seu desabafo afirmando que o objetivo da carta é trazer a Rui uma reflexão sobre o ocorrido e todas as consequências na vida do jovem e de toda a família.

Mayara conta que nunca foi atrás de saber quem tinha sido o agressor, mas diz que quer falar com o Rui humano para expressar toda a sua dor e tentar trazer sensatez ao homem que deixou seu irmão cego.

A irmã conta que não sabe até quanto tempo o trauma irá atormentar sua família. Em outro trecho ela diz a Rui que Pedro poderia ser filho do agressor, que nada justifica a agressão, finalizando dizendo que espera que Rui seja humanizado e busque o perdão.
O agressor, Rui Barros Vieira, foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Acre pelo crime de lesão corporal.

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS