NOSSAS REDES

ACRE

PT do Acre diz que Acre está sem direção com Gladson no governo, critica Ney Amorim e cita suposta perseguição a servidores públicos

Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Dirigentes do PT do Acre se reuniram nesta quinta-feira, 28, na sede do partido, no Bairro Morada do Sol, em Rio Branco, para definir algumas das pautas prioritárias da legenda após as eleições de 2018 e reafirmar a linha de oposição ao governo de Gladson Cameli.

A resolução política do diretório do partido expõe críticas ácidas à gestão de Gladson Cameli ao afirmar que há uma “sensação de que o Acre está sem direção”.

“Tal a incapacidade de gestão demonstrada até aqui. Os municípios do interior são os mais afetados, faltando desde água nas torneiras até responsáveis nas repartições, passando pela carência de médicos, desmonte das estratégias de atendimento no PS e o retorno das filas de matrículas na educação.”

De acordo com o PT, há 
uma guerra interna pela divisão dos espaços do governo Gladson inviabilizando o pleno funcionamento do Estado”.

O partido dos irmãos Jorge e Tião Viana acusa o atual governo de perseguir servidores. “Há perseguição cega aos servidores públicos de carreira, alegando que os mesmos são “petistas” e contribuíram nas gestões anteriores, esquecendo-se por completo que, no exercício de suas funções publicas, estes prestam serviços ao Estado e para o povo, independente de qual grupo politico está no governo.”

“A crise econômica que asseverávamos durante o pleito, sob a qual vivia o Acre, foi ignorada de forma irresponsável pela aliança vitoriosa. Para ganhar votos do povo, a oposição valeu-se de promessas inexequíveis, acompanhadas do bordão “Dinheiro tem, o que falta é Gestão””, afirma a resolução.

O PT vê total equívoco do atual governo na aposta da soja como um dos pilares para a economia rural local.

“Pela falta de conhecimento ou pela simples omissão, não falam ao povo que essa monocultura só pode ser implementada em uma pequena faixa de terra acreana localizada na região do Vale do Alto Acre, que possui condições de solo e relevo que possibilitam o plantio em escala, necessário para a obtenção de lucro.”

 No texto da resolução política, o Partido dos Trabalhadores cita também o ex-deputado petista Ney Amorim como um oportunista: “Aproveitamos para repudiar as atitudes oportunistas do ex-deputado Ney Amorim, que depois de ter todas as oportunidades dadas pelo PT durante sua vida política, nos traiu no processo eleitoral, constituindo alianças espúrias na briga cega pelo poder”.

 Crítica a Bolsonaro

 Para o PT do Acre, o cenário do país comandado por Jair Bolsonaro “é muito preocupante”.

“A onda conservadora que elegeu Bolsonaro presidente do Brasil trouxe consigo uma agenda de retirada de direitos da classe trabalhadora, como a reforma da previdência, inviabilizou a continuidade de programas sociais fundamentais para a garantia de dignidade aos mais pobres, como o “Mais Médicos” e o “Minha Casa, Minha Vida”, acentuou o ataque às minorias étnicas e expôs uma disposição da elite nacional de ajoelhar-se perante os interesses do mercado e do poderio econômico e militar norte-americano.”

A resolução cita ainda os escândalos envolvendo a família Bolsonaro, desde o uso de laranjas à suposta aliança com milícias do Rio de Janeiro.

Fonte/Site: Notícias da Hora.

ACRE

Terça-Feira Quente E Seca No Acre

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No Acre, tempo bom, quente e ensolarado, mas ventilado. Pequena probabilidade de ocorrem chuvas rápidas e pontuais em algumas áreas.
A umidade do ar mínima, durante a tarde, varia, entre 40 e 60%, no leste e no sul do estado, e, entre 45 e 65%, nas demais áreas.
Os ventos sopram, entre fracos e moderados, da direção noroeste e eventuais variações do norte.

Temperaturas:

– Rio Branco, Senador Guiomard, Bujari e Porto Acre,mínima, entre 19 e 21ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC;

– Sena Madureira e Manuel Urbano, mínima, entre 19 e 21ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC;

– Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Xapuri e Capixaba,mínima, entre 18 e 20ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC;

– Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Porto Walter, mínima, entre 20 e 22ºC, e máxima, entre 33 e 35ºC;

– Marechal Thaumaturgo e Jordão, mínima, entre 18 e 20ºC, e máxima, entre 33 e 35ºC;

– Tarauacá, Feijó e Santa Rosa do Purus, mínima, entre 19 e 21ºC, e máxima, entre 33 e 35ºC;

– Acrelândia e Plácido de Castro, mínima, entre 18 e 20ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC

Continue lendo

ACRE

Rio Branco é segunda capital com maior número de condutores que usam celular ao volante

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Ministério da Saúde divulgou um estudo em que aponta que 19,5% da população das capitais do país usam o celular enquanto dirigem. Rio Branco ficou acima da média nacional, aparecendo em segundo lugar, junto com Cuiabá com 24% entre os condutores que mais usam o celular no trânsito, atrás apenas de Belém, com 24,1%.

Pessoas com idade entre 25 e 34 anos representam 25,1% do total de pessoas dirigem e usam celular. Os dados foram divulgados pelo Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), foram entrevistadas por telefone 52.395 pessoas, com mais de 18 anos, entre fevereiro e dezembro de 2018.

Estudo foi divulgado nesta segunda/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

As capitais que apresentaram o menor percentual de uso de celular durante no trânsito foram: Salvador com 14,2%, Rio de Janeiro com 17,2%, São Paulo com 17,4% e Manaus com 18,0%. A pesquisa abordou ainda três outros índices: direção e consumo abusivo de álcool; direção e consumo de qualquer dose de álcool e multa por excesso de velocidade.

Distrito Federal, Fortaleza e Porto Alegre foram as capitais em que o maior número de entrevistados afirmou ter recebido multa por excesso de velocidade, com 15,7%, 14,6% e 14,2% respectivamente. Do outro lado da tabela o destaque fica com a Região Norte, das 5 capitais com menores índices de multas, 4 são da região: Manaus (0,9%); Macapá (2,7%); Belém (5,9%); Campo Grande (7,0%) e Porto Velho (7,1%).

Já no quesito álcool e direção, os homens são os campeões em beber e dirigir. Dos 5,3% dos entrevistados que admitiram beber e dirigir, 9,3% são homens e somente 2% mulheres. A capital com maior número de condutores que consumiram bebida alcoolica e dirigiram foi Palmas, com 14,2% e a com menor número foi Recife, com 2,2%.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco