NOSSAS REDES

Tarauacá

Secretário de Educação empossa Professora Farícia Bayma como Nova Coordenadora do Programa Busca Ativa no Município

Assecom - Prefeitura de Tarauacá, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Prefeitura de Tarauacá, através da Secretaria de Educação, está intensificando o combate à evasão escolar. O município aderiu ao Programa Busca Ativa Escolar, do Unicef, que tem como objetivo identificar crianças e adolescentes que estão fora da escola e criar as condições para que elas voltem aos bancos escolares.
Nesta terça-feira, (12), foi dado o pontapé inicial, para inicio do novo Programa que vai ser implantado em 2019, a Coordenadora operacional do Busca Ativa Escolar no município será a Professora Fabrícia Bayma, formada em pedagogia, já trabalha como professora a 13 anos, a mesma foi empossada pelo secretário de Educação, Orlando Bezerra, Fabrícia agradeceu pela confiança e destaca que o programa vem reforçar o trabalho já realizado pela Secretaria Municipal de Educação.
A Busca Ativa Escolar reúne, dentro de uma mesma plataforma, representantes de diferentes áreas, entre elas secretarias e coordenadorias de Educação, Saúde, Assistência Social, Conselho municipal dos direitos da criança e adolescente (CMDCA) e conselho tutelar. Cada um tem papel específico, que vai desde a identificação de uma criança ou adolescente fora da escola até a execução das providências necessárias para a matrícula e permanência do aluno na unidade. O estudante em risco de evasão passa a ser observado durante um ano pelo profissional destacado pela Secretaria Municipal de Educação, que deverá alimentar os campos específicos na ferramenta tecnológica a cada período de observação.
“Existem milhares de crianças fora da escola e, em nossa opinião, isso é um crime. Nós precisamos interagir e correr para colocar todas as crianças na escola. Nós pedimos o apoio dos pais, os pais precisam estar presentes. A Prefeitura vai fazer a busca ativa para que possamos conversar com os pais e introduzir neles a importância da educação, porque a educação é o caminho para que eles possam ter um futuro melhor”, afirma Orlando Bezerra, Secretário de Educação.

CRIME

Homem é morto a golpes no município de Tarauacá

Luanna, Colaboradora do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na madrugada deste sábado (17), um homem ferido foi encontrado por populares, que acionaram o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), no bairro da Praia, em Tarauacá.
A vítima é Herculano Marinho da Costa, de 22 anos, que possuía golpes e perfurações de arma branca pelo corpo.
De acordo com a Polícia Militar (PM), o óbito foi constatado pela guarnição e a Polícia Civil (PC) acionada para realizar a remoção do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).
Não se sabe a autoria e motivação do crime. A Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) irá investigar o caso.

AGAZETA.NET

Continue lendo

POLÍCIA

“O SATANÁS MANDOU EU ATIRAR” – TRAGÉDIA NA ZONA RURAL – MENOR ATIRA NO ROSTO E MATA BEBÊ DE 1 ANO DE IDADE

Blog do Accioly, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O casal Verônica Oliveira e Antônio Francisco Silva, procurou o Blog do Accioly e a Rádio Nova Era FM, em Tarauacá na manhã desta sexta feira (16), para comunicar um crime de homicídio que teria sido praticado pelo menor R. C, de 14 anos de idade, na comunidade Lago Novo, Rio Muru.

Os pais relatam que são professores do programa ” Asinha da Florestania” e  saíram para o trabalho na última terça feira,  13 de agosto.

“Quando retormos pra casa foram surpreendidos com a notícia que a nossa bebê Melinda Ramalho de apenas 1 ano, estava morta, pois havia levado um tiro de espingarda no rosto. Perdemos a nossa alegria de viver. A nossa filha. Ja tínhamos comprado as coisas para comemorarmos o aniversário dela no próximo domingo”, disse a mãe muito emocionada.

O pai conta que ao conversar com o garoto acusado, que é seu parente e primo da vítima, ouviu o seguinte relato: ” Eu estava dominado pelo satanás, um bicho escuro que usava capus e que gritava a toda hora no meu ouvido:* ‘mata ela. Ela não merece viver’. Eu decidi então atirar em mim pra não matar a neném, mas, quando levantei do banco, a arma disparou e a bala pegou nela”, disse o menor.

Após sepultamento da filha, o casal decidiu vir até a sede do município para registrar o caso na delegacia de polícia.

Na manhã desta sexta feira foram ouvidos pelo delegado Valdeinei Soares, que comanda as investigações sobre o caso. 

A mãe disse que quer justiça e alerta os pais, especialmente na zona rural para o uso e manuseio de arma de fogo por crianças e jovens.

Continue lendo

Super Promoções

WhatsApp chat