NOSSAS REDES

Sena Madureira

Sena Madureira: Integrantes de organização criminosa são condenados a 67 anos de prisão

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio da Promotoria de Justiça Criminal de Sena Madureira, obteve a condenação de três acusados da prática de uma tentativa de homicídio duplamente qualificado, além da prática de integração em organização criminosa e corrupção de menores. O julgamento ocorreu no dia 23.

Leandro Silva de Souza foi condenado a 17 anos; Carlos André Tércio da Silva recebeu a pena de 19 anos; enquanto Francisco Nunes Humbato, apontado como o mandante do crime, foi sentenciado a 31 anos de prisão.

De acordo com o promotor de Justiça Júlio César de Medeiros, que conduziu o processo desde a denúncia, e foi o responsável pela sustentação da acusação em plenário, tratou-se de um caso modelo. “Houve um exímio trabalho de investigação pela Polícia Civil, com Relatório Técnico, Laudo de Recognição Visiográfica do local com evento tentado, depoimentos gravados na Delegacia de Polícia e filmagem do exato momento em que a vítima foi encontrada, ainda com vida, abandonada em local ermo, com um tiro na cabeça, em estado gravíssimo”, destacou.

“Além de promover a responsabilização do executor dos disparos, o maior desafio desde o início foi assegurar a condenação do mandante do crime, que tinha a função de Geral da Disciplina no âmbito da organização criminosa, sendo que a autoria intelectual foi demonstrada por diversas provas e detalhes constantes nos autos, inclusive, a arma do crime era de propriedade do mandante”, acrescentou.

Entenda o caso

No dia 16 de novembro de 2017 os réus previamente ajustados e em unidade de desígnios com um adolescente, agindo com evidente vontade de matar, por motivo torpe, mediante emboscada e dissimulação, utilizando-se de recurso que dificultou a defesa da vítima, com emprego de arma de fogo, tentaram matar Enilson Fernandes da Silva, não obtendo êxito por circunstâncias alheias à sua vontade.

Segundo a investigação, Francisco ordenou que Leandro, André e um menor executassem a vítima porque achava que ela estaria integrando uma facção criminosa rival denominada.

Consta que o mandante convidou o homem para a sua residência com o intuito de usarem drogas, ocasião em que ele pediu para que a vítima acompanhasse o os demais até uma mata para desenterrarem uma suposta droga.

Ao chegarem ao local, a vítima foi surpreendida e atingida com tiros na cabeça, sendo que a munição ficou alojada em seu crânio. Por ter desmaiado, os criminosos imaginaram que ele estaria morto, todavia, a vítima fora encontrada no dia seguinte pela Polícia Civil ainda com vida. Agência de Notícias do MPAC, com informações da Promotoria Criminal de Sena Madureira.

CRIME

Cadáver é encontrado em estado de decomposição no ramal dos terçados em Sena Madureira

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um corpo foi encontrado ontem no ramal dos terçados em Sena Madureira, que fica próximo ao ramal Joaquim de Matos. 

Segundo o delegado de Sena Madureira, Dr. Marcos Frank, o responsável pela  investigação; um homem por nome de “José” estava enterrado numa cova rasa, dentro de uma vegetação.

 Segundo perícia, o mesmo foi morto brutalmente, teve corte na garganta e estava com as pernas fora do corpo.

 O crime aconteceu uns 45 dias atrás; o corpo foi encaminhado ao IML e aguarda a família para reconhecimento.  Ninguém  foi preso até no momento.

 A polícia está a procura do(s) assassino(s) e segundo Dr. Frank: “A lei do silêncio reina!”

YACO NEWS

Continue lendo

Sena Madureira

Mãe de família que estava sem alimentos, sem gás e com a energia cortada agradece doações

Senaonline.net, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A dona de casa Nilzângela de Araújo Tomás, 21 anos de idade, moradora no Bairro Bom Sucesso, após a ponte do igarapé cafezal, em Sena Madureira, se deparou com uma situação desesperadora nesta semana. Mãe de dois filhos menores de idade, ela se viu sem alimentos em casa, com a botija de gás seca e com a luz cortada.

Sem nenhum recurso financeiro naquele momento, ela decidiu recorrer aos microfones das Rádios Difusora de Sena e Aldeia FM 105,9 MHZ para fazer um apelo. A campanha foi comandada pelo jornalista Edinaldo Gomes que fez uma ampla entrevista com a moradora no Jornal Difusora, sensibilizando a comunidade.
Desde ontem, a dona Nilzângela recebe doações. “Anteontem não tinha nada para dar pros meus filhos.

Na quarta-feira almoçamos porque a vizinha nos deu uns mandis e um pouco de farinha. É triste ver os filhos pedindo comida e não ter nada. Mas, graças a Deus e através desse apelo que fiz na Rádio, conseguimos muitas coisas”, comentou.
Os moradores doaram vários sacolões para a mãe de família, além de terem conseguido a troca do gás e o dinheiro para pagar o talão de energia.

Podemos citar algumas pessoas que ajudaram nessa campanha da solidariedade: João Nunes Júnior (Jota), Maclean Sá, Jardany Sales, Fernando Gadelha (Fera), Miranda do Depasa, dentre outros, incluindo moradores da zona rural.

Dona Nilzângela fez um agradecimento especial. “Primeiro agradeço a Deus, a vocês da Rádio e todas as pessoas que se compadeceram com a nossa situação. Não tenho nem palavras pra agradecer. Me doaram muitas mercadorias. Que Deus possa recompensar a cada um, pois hoje meus filhos tem o que comer”, relatou.

O seu esposo trabalha como diarista e no momento se encontra na zona rural. Eles moram de aluguel em um pequeno casebre e pagam 100 reais mensalmente.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?