NOSSAS REDES

ACRE

Tarauacá: Ativado o Centro de Operações da Polícia Militar

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No início deste mês foi inaugurado o Centro de Operações Integradas da Polícia Militar em Tarauacá. A unidade de segurança pública vai utilizar como estratégia o sistema de videomonitoramento recentemente implantado, a partir do investimento de R$ 50.994,14 provenientes do fundo de penas pecuniárias da unidade judiciária.

Na solenidade, a juíza de Direito Ana Paula Saboya destacou que ainda há muito a fazer, pois o recurso disponibilizado possibilitou a instalação de toda a infraestrutura e de quatro câmeras, contudo há capacidade para 36. “Agora chegou o momento de toda a sociedade e os demais entes públicos darem sua participação, doando à Polícia Militar, responsável pelo serviço, recursos para aquisição de mais câmeras”, incentivou.

Saboya salientou ainda que a segurança pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos. “O Poder Judiciário possui relevante papel na garantia deste direito e tem avançado em sua atuação, não só buscando celeridade nos julgamentos, mas participando ativamente em ações preventivas. A implementação do monitoramento com câmeras é a concretização disso”, apontou.

Funcionando no Quartel do 7º Batalhão, o monitoramento em pontos estratégicos da cidade vai liberar o patrulhamento ostensivo para os demais bairros não assistidos. A atividade vai auxiliar a elucidação de crimes, flagrante de infratores em ações delituosas e produz informações sobre o envolvimento de indivíduos em ações criminosas.

O comandante-geral da PM, Coronel Marcos Kimpara, salientou que o município se torna uma referência quando se trata em parceria público-privada. “Agradecemos a confiança na polícia. Tarauacá é um exemplo para outros municípios em seu esforço de buscar investimentos para melhorar o sistema de segurança. A população confia, gosta e protege a polícia, quem não gosta da polícia é o crime”, concluiu.

A tecnologia aperfeiçoa a dinâmica da ação policial, porque permite acionar uma viatura antes mesmo de uma vítima realizar o contato pelo Disque Denúncia 190, bem como checar trotes e inibir falsas ocorrências.

A comunicação em tempo real das imagens de vídeo tem o objetivo de dar uma resposta mais ágil para os atos criminosos, recurso que já é utilizado em Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Sena Madureira. *Com informações do Portal Tarauacá/ Gecom/TJAc.

 

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat