NOSSAS REDES

ACRE

Trio é condenado por incendiar residência em zona rural

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Crime aconteceu no final de setembro do ano passado, quando os denunciados cometeram o crime em função de disputa pela residência das vítimas.

O Juízo da Vara Criminal da Comarca de Plácido de Castro condenou os três denunciados no Processo n°0000887-29.2018.8.01.0008 por terem cometido os crimes descritos nos artigos 147 e 250, §1º, II, “a”, ambos do Código Penal, quando incendiaram residência na zona rural do município.

O denunciado, que ameaçou as vítimas e ainda participou do incêndio, foi condenado à cinco anos e sete meses de reclusão, em regime semiaberto, e deverá pagar 13 dias multa. Já os outros dois, que participaram somente do incêndio, cada um deverá cumprir cinco anos e quatro meses de reclusão, em regime semiaberto, e também pagarem 13 dias multa.

Conforme os autos, a família, que foi vítima dos crimes, morava na zona rural de Plácido de Castro, quando um dos acusados os ameaçou, caso a família não saísse do lugar. O trio foi à residência durante a noite, no final de setembro de 2018, e expulsou o casal e os dois filhos da casa, após isso incendiou a residência.

Sentença

A sentença, publicada na edição n°6.286 do Diário da Justiça Eletrônico, da sexta-feira, dia 1º de fevereiro, é de autoria do juiz de Direito Romário Farias, que estava respondendo pela unidade judiciária.

O magistrado avaliou que, em relação ao crime de ameaça, praticado por apenas um dos denunciados, as consequências foram graves, pois “a vítima e toda sua família ficaram apavoradas, vindo a sair da residência logo após a ocorrência dos fatos”. Além disso, o juiz de Direito registrou que “motivo do crime era a disputa pela residência a qual a vítima e sua família estavam morando”.

ACRE

Programa de Educação de Trânsito faz sucesso entre alunos do ensino infantil; veja vídeo

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Veja o vídeo:

Atividades são resultado de uma parceria entre Prefeitura de Tarauacá e DETRAN/AC. As ações iniciaram na segunda-feira, 14, e se estenderão às demais escolas até encerramento no dia 25/10, com uma Oficina para Multiplicadores, destinada à professores e gestores das escolas públicas. 

Alunos dos três turnos, manhã, tarde e noite foram beneficiados com as ações do Programa. 

Nesta sexta-feira, 18, os Educadores de Trânsito da 1ª Ciretran de Cruzeiro do Sul, através da Coordenadoria de Educação de Trânsito, realizaram atividades na Escola Municipal José Augusto de Araújo. As ações foram voltadas à orientação, conscientização e educação de pedestres e ciclistas, mas também abordou conceitos gerais sobre o trânsito e suas regras. 

A equipe composta por José Jaisson Santos, Izaías Queiroz, Everton Oliveira, Bruno Thiago Ramos, Obede Pereira, Maria Vanda Martins, Mara Sandra Martins, Maria Celene Souza (Coordenadora da Educação de Trânsito) e Tainara Martins (Chefe da 1ª Ciretran) promoveram ações educativas nos períodos da manhã, tarde e noite.

A escola oferece o fundamental 1 (1º até 5º anos), e conta com 276 alunos no horário da manhã, 309 estudantes no período da tarde, e 54 alunos o ensino de EJA. Todos os alunos foram beneficiados com as atividades educativas. 

Os alunos do ensino infantil são ensinados de forma lúdica e dinâmica. Neste caso, as crianças aprendem as principais regras de trânsito através do teatro com personagens caracterizados e/ou fantoches, e teatro com personagens do trânsito. Na ocasião, foram ensinados os procedimentos corretos na via com simulação de mini rua, além de conceitos importantes sobre trânsito. 

Galeria de fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

No período noturno, os alunos do ensino de EJA também receberam orientações e conhecimentos sobre trânsito. A escola JAA conta atualmente com 54 alunos matriculados no ensino de EJA. 

Galeria de fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo

ACRE

Prefeita Marilete antecipa R$11 mil reais aos servidores municipais através de cartão magnético

Assecom - Prefeitura de Tarauacá, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Prefeitura de Tarauacá, através da Prefeita Marilete Vitorino, conveniada com a empresa Grandcard, beneficiou os servidores do município com um cartão de antecipação salarial. Mais de mil cartões foram disponibilizados aos servidores, os quais prometem melhorar a economia local. 

Neste mês de setembro/2019, a Prefeitura de Tarauacá antecipou o valor de R$11.455,37 aos servidores do município. Estes valores foram gastos pelos servidores beneficiados, que utilizam o cartão magnético, e com o qual fazem compras em comércios credenciados, inclusive em estabelecimentos fora do Acre, e mesmo pela internet. 

A intenção da medida, idealizada pela Prefeita Marilete Vitorino é dar um fôlego ao servidor municipal nos momentos de falta de dinheiro, e durante os 30 dias do mês. “Com o cartão convênio (antecipação salarial), o nosso servidor não pagará juros nem anuidades, porque o cartão convênio funciona como uma antecipação salarial a custo mínimo ao servidor, que pagará apenas R$10,00 (dez reais) mês, uma única vez, se utilizar o cartão. Esse convênio que celebramos traz um benefício de suma importância para o servidor e sua família, que terá à disposição uma possibilidade de pagamento, sem se comprometer com empréstimo bancário ou agiotagem. Importante dizer que o servidor deverá usar seu cartão com muita responsabilidade e comedimento de modo a evitar comprometer sua folha de pagamento”, destacou a Prefeita Marilete Vitorino. 

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Fale conosco