NOSSAS REDES

ACRE

Vereadora Janaina pede R$ 60.690,28 mil da Prefeitura de Tarauacá, por ser professora municipal

Avatar

PUBLICADO

em

Após imbróglio entre o magistrado e a vereadora que declarou-se pobre na Justiça para evitar o pagamento de custas processuais, mesmo com remuneração mensal de R$ 9.000.00 (nove mil reais), nesta quinta-feira, 29, a parlamentar e a procuradoria jurídica da Prefeitura participarão de audiência de conciliação.

Janaina Araujo Furtado Acioly afirmou ser pobre e “não ter condições de arcar com as despesas processuais sem que com isso venha a impor prejuízo no seu próprio sustento”, e o Juiz Marcos Rafael Maciel de Souza havia questionado negando a declaração de pobreza da vereadora. Posteriormente, o Magistrado Guilherme Aparecido do Nascimento Fraga aceitou a declaração de pobreza da parlamentar, que ganha R$7 mil mensal como vereadora, e mais R$ 2.208,32 mensal como professora. 

O pedido da parlamentar gerou controvérsias nos bastidores da política. Isso porque segundo afirma no processo nº. 0700298-41.2019.8.01.0014 (que tramita em caráter público, podendo qualquer cidadão ter acesso), ela seria professora atuante da rede municipal de ensino e supostamente teria direito à vários benefícios não pagos pela Prefeitura de Tarauacá, como progressão profissional, aplicação do piso nacional dos professores, pagamento da diferença salarial decorrente do correto a aplicação dos coeficientes salariais do PCCR-EPM, reflexos em horas extras, férias + 1/3, 13º salário e recolhimentos previdenciários, adicional (terço) constitucional de férias, sobre as férias com período aquisitivo para os anos de 2016 e 2017, direito ao pagamento de terço constitucional para a integralidade dos 45 (quarenta e cinco) dias de férias, dentre outros pedidos.

A parlamentar leciona na rede municipal de ensino, e requereu ainda que a Prefeitura apense aos autos toda documentação financeira, tais como contracheques e fichas financeiras e a juntada do PCCR-Servidores da Educação Pública Municipal de Tarauacá-AC, suas atualizações e seus anexos atualizados. 

Nesta quinta-feira, 29, as partes serão ouvidas pela Justiça. 

Nota da Redação:

A Assessoria Parlamentar da vereadora Janaina Araujo Furtado Acioly informou que a demanda judicial citada na matéria trata-se de ação judicializada pelo SINTEAC, cujo sindicato a parlamentar está associada.

A Assessoria informou ainda que a parlamentar leciona aulas diariamente na rede de ensino municipal. Que o salário de R$ 7.000,00 (sete mil reais) é fruto da atividade parlamentar, e não do exercício da docência.

A Redação constatou que, como professora, a parlamentar aufere a renda mensal de R$ 2.208,32 (dois mil, duzentos e oito reais, e trinta e dois centavos), conforme informado no Portal da Transparência da Prefeitura de Tarauacá.

ACRE

Mulher esfaqueia homem em bar na Vila Nova, em Rio Branco

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um homem de aproximadamente 40 anos, identificado como Edilson, conhecido pelo apelido de “Cabecita” foi esfaqueado por uma mulher que bebia com ele em um bar nas proximidades da rotatória no final da Estrada das Placas, no bairro Vila Nova.

Durante a bebedeira eles teriam se desentendido e de posse de uma faca a mulher desferiu golpes que atingiram o homem nas costas e no ombro. Ele foi atendido pela ambulância 01, de suporte avançado, do Serviço Móvel de Urgência (Samu) e acusada conseguiu se evadir do local.

DIARIO DO ACRE

Continue lendo

ACRE

Droga é encontrada com mulheres em penitenciária de Rio Branco

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Durante uma revista de rotina no pavilhão feminino da penitenciária Dr, Francisco d’Oliveira Conde, em Rio Branco, agentes penitenciários encontraram na tarde desta terça-feira (17), em uma das celas, 35 trouxinhas de pasta básica de cocaína. Oito detentas foram encaminhadas até a Delegacia de Flagrantes (Defla) para o registro de mais esse crime em seus processos.

FONTE DIARIO DO ACRE

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp WhatsApp Notícias