NOSSAS REDES

ACRE

Após retorno de banco de horas, agentes voltam a fazer revista em celas e frustram sonho de fuga de detento

PUBLICADO

em

Após quase duas semanas sem o banco de horas e consequentemente efetivo para realizar a rotina diária no presídio de segurança máxima Antônio Amaro Alves, na manhã de segunda-feira (12), os serviços retornaram e de cara já detectaram em uma das celas um buraco que estava sendo feito por um detento da unidade.

O pavilhão é feito de concreto armado, mas isso não impediu do preso, líder de facção criminosa, tirar o ferro da estrutura e com o mesmo instrumento começar a obra engenhosa num formato grande o suficiente pra tentar uma uma futura fuga.

Segundo os agentes, com papel higiênico e pasta de dente eles conseguem camuflar a obra e evitar que sejam descobertos e como não estava acontecendo a revista nas celas pela falta de efetivo na unidade, o preso teve tempo suficiente pra avançar no buraco. Ele deve responder pelo crime de dano ao patrimônio público. Lilia Camargo.

 

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS