NOSSAS REDES

BOCA DO ACRE

Barco da Secretaria Municipal de Saúde naufraga no porto de Boca do Acre; veja foto

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na manhã desta segunda-feira, uma imagem entristecedora circulou nas redes sociais, que dão a exata noção de como é a responsabilidade da gestão pública municipal com o patrimônio e com os recursos públicos. O barco Gênesis, que por muitos e muitos anos serviu ao interior do município, realizando caravanas da Saúde, foi à pique, pois não suportou a falta de cuidados, manutenção e atenção e amanheceu naufragado, mesmo ancorado no porto flutuante Raimundo Alves.

O barco que foi adquirido no mandato do ex-prefeito Iran Lima, para o programa Saúde Sobre as Águas, já havia sido descartado pela atual administração, justificando a chegada de uma Unidade Básica de Saúde Fluvial. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, o Gênesis será ofertado em leilão.

O Gênesis atendia milhares de pessoas com Saúde, Educação e Assistência Social.

Tentamos contato com o secretário municipal de Saúde, Manuel Barbosa, para que se posicionasse a respeito do assunto, no entanto o mesmo passou a palavra para o subsecretário de Saúde Rural, Andrey Lima, que ressaltou o fato de o barco ser substituído pela UBS Fluvial, que já está quase pronta em Manaus, complemetando que o Gênesis iria à leilão, por não ter mais uso para a SEMSA. Andrey disse que depois do ocorrido, ainda vai analisar as possibilidade do leilão ainda ser realizado.

Não é de hoje que denúncias chegam até a redação do Jornal Opinião do descaso com a embarcação, inclusive com informações de substração de materiais de dentro do barco, depois que correu a notícia de que ele seria leiloado.

O prefeito José Maria chegou a realizar ações no interior do município, no Gênesis, percorrendo várias comunidades rurais, levando atendimento de Saúde, Educação e Assistência Social.

Segundo informações, o barco naufragou pela falta de interesse dos gestores públicos, em conjunto, que não deram importância para os constantes avisos de fissura no casco, que poderia, com o tempo, aumentarem e chegar à uma situação irremediável, como chegou.

O desfecho indigno do Gênesis é o mesmo que aconteceu com o caminhão coletor de lixo e com o caminhão frigorífico, veículos deixados por gestões anteriores, que foram sucateados, esquecidos e sumidos do patrimônio municipal.

Qualquer semelhança da situação do Gênesis, com a realidade administrativa de Boca do Acre, não será mera coincidência.  Escrito por Agostinho Alves. Jornal Opinião.

 

Comentários

Comente aqui

BOCA DO ACRE

OPERAÇÃO TRÁFICO ZERO EM BOCA DO ACRE

Luanna, Colaboradora do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Nesta manhã de sábado, dia 04/05/19, em patrulhamento de rotina pelo bairro Praia do Gado, uma Equipe da FORÇA TÁTICA da 5ª CIPM avistou, em atitude suspeita, o nacional Antônio M. B. R., de 33 anos de idade, que ao perceber a aproximação da equipe tentou se evadir, porém não obteve êxito.

Com o acusado, foi encontrado o seguinte material:

MATERIAL APREENDIDO

# 26 Trouxas;
# 02 porções;
# total de 215 g de substância supostamente maconha inatura;

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao acusado, que foi conduzido e apresentado no 61° DIP, sem hematomas e/ou escoriações, para os procedimentos cabíveis.

5ª CIPM EM AÇÃO

Continue lendo

AMAZÔNIA

Em Boca do Acre, onça mata, dilacera e come caçador, após espreitá-lo; ouça o relato

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 Em Boca do Acre, Amazonas, dois homens foram ‘acuados’ por uma onça pintada, e um deles foi ‘capturado’ pela onça, que o arrastou para dentro da floresta. O outro homem conseguiu escapar e pedir socorro aos índios da região. 

Segundo o relato, em áudio, do irmão do caçador sobrevivente, após meia hora, em companhia de índios que residem numa aldeia próxima, seu irmão retornou ao local para tentar salvar seu companheiro que foi ‘arrastado’ pela onça. 

Ao chegarem no local, ficaram de ‘tocaia’ e conseguiram matar a onça. Porém, a vítima já estava morta e com corpo totalmente dilacerado pelo animal. 

A onça capturou ele [a vítima] na espera, ela estava só esperando o momento para atacar, era noite; por isso meu irmão não conseguiu atirar e matar a onça, que saiu arrastando ele [a vítima]; ela ainda pegou um tiro; quando voltaram ao local, a onça já tinha comido ele [a vítima] desse tanto aí“, relatou o irmão da vítima que sobreviveu. 

O fato teria ocorrido em Boca do Acre, estado do Amazonas, no ano de 2014, e na época viralizou nas redes sociais causando muitas controvérsias, inclusive quanto ao local. Somente agora um familiar, da vítima que sobreviveu, detalhou os fatos, em áudio.

Ouça o relato:

 

 

 

 

 

 

 

Continue lendo

Super Promoções

WhatsApp chat