NOSSAS REDES

ACRE

Blitz educativa em rodovia no AC alerta sobre casos de exploração e abusos sexuais

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Rodoviária Federal do Acre (PRF-AC) montou uma blitz educativa na BR-364 para alertar sobre os casos de abusos e exploração sexual no estado. A ação é em alusão ao Dia Nacional do Combate ao Abuso, Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado neste sábado (18).

Ao G1, o presidente da Comissão Regional dos Direitos Humanos da PRF-AC, Wilse Filho, explicou que as ações começam no posto de fiscalização da polícia no bairro Santa Cecília e se estendem pela rodovia.

“Vamos abordar caminhões, taxistas e ônibus, que é um público que lida com crianças e adolescentes orientando quando a questão da criminalidade. Tudo é no intuito de alertar a população sobre a questão”, frisou.

Nesta sexta (17), a PRF-AC também esteve na Escola Raimundo Hermínio de Melo, em Rio Branco, em uma palestra para alunos do 5º ao 9º ano e professores.

“Enfatizamos os conceitos, características das vítimas e agressores, falamos sobre como fazer a denúncia. A última ação dessa data vai ser uma participação no Hotel Loureiro no dia 24, quando vamos abordar a temática em uma questão mais científica e acadêmica com dados e pesquisas”, complementou.

Dados

O presidente da comissão falou ainda sobre os dados do Projeto Mapear, divulgados nesta semana em um levantamento da PRF. Os dados mostram que a quantidade de pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes cresceu 45% nas rodovias federais do Acre.

Segundo Filho, o projeto utiliza critérios que levam em consideração os pontos onde há probabilidade de exploração sexual nas rodovias.

“Frequência de pessoas menores de idade, locais onde há bebida alcoólica próximo a locais ermos. São critérios que o projeto leva em consideração, mas isso não significa que, na hora durante a abordagem ou passagem dos policiais, há uma exploração. Diante desses números, fazemos outras ações e trabalhos de fiscalização e prevenção para coibir”, ressaltou.

Filho revelou que ano passado a PRF-AC conseguiu resgatar uma criança que estava em ambiente suscetível à exploração ou abuso sexual. O presidente relembrou também que, na maioria dos casos, os casos ocorrem no ambiente familiar, escolar e até mesmo religioso.

“O agressor é o pai, cuidador, aquela pessoa que a família confia e, geralmente, é dentro das casas. Nas rodovias são pontos prováveis de exploração. Tem uma diferença entre o abuso e a exploração. O abuso é quando a pessoa é submetida ao sexo sem consentimento ou menor de 14 anos que é estupro de vulnerável. A exploração é quando há um retorno financeiro”, concluiu

ACRE

Empresário que perdeu o controle do carro e colidiu em carreta pode ter sido vítima de AVC

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O empresário Amarildo Campos Coelho, de 47 anos, que colidiu com seu carro em uma carreta na última quarta-feira (19) e foi à óbito pode ter sido vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Essa é uma das hipóteses levantadas por paramédicos que socorreram Campos no local do acidente.

Com o suposto acidente vascular o pé direito do empresário pode ter ficado preso ao acelerador. De acordo com peritos que estiveram no local, o ponteiro de velocidade travou marcando 180 km/h. O carro que Campos conduzia era um Honda Civic, ficou totalmente destruído.

A revelação da suspeita de AVC foi feita por parentes do empresário na manhã de hoje (22), durante reabertura de uma de suas principais lojas de supermercados na Vila Acre. Ainda de acordo parentes, Campos já tinha apresentado um princípio de AVC meses antes do acidente.

Com o impacto da colisão com uma carreta, o corpo da vítima ficou preso às ferragens e foi retirado por homens do Corpo de Bombeiros, em seguida resgatado por peritos do Instituto Médico Legal – IML.

Continue lendo

ACRE

Três corpos foram encontrados após naufrágio de barco no Rio Juruá; duas crianças estão desaparecidas

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os corpos de três passageiros que estavam na embarcação que naufragou no Rio Juruá, no interior do Amazonas, foram resgatados na noite desta sexta-feira (21). Duas crianças, de dois e três anos, seguem desaparecidas. O acidente aconteceu nas proximidades do município de Carauari, a 788 km de distância de Manaus, na noite de quarta-feira (19).

O resgate foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros. Segundo a coorporação, foram encontrados os corpos de uma idosa de 82 anos, um homem de 22, e a mãe das duas crianças que seguem desaparecidas.

Equipes de resgate que atuam na área do naufrágio seguem os trabalhos em busca dos dois irmãos desaparecidos. Eles viajavam com a mãe, morta, e uma irmã, resgatada com vida na quinta-feira. O barco, com 97 pessoas, saiu de Manaus no dia 13 de junho e deveria chegar a Carauari na quinta-feira.

Os três corpos encontrados chegaram à sede da cidade de Carauari na madrugada deste sábado. Todos são velados ao mesmo tempo no Ginásio Vivaldino Cardoso Viana, que fica no centro do município.

Após o velório, familiares da mãe querem transferir o corpo da jovem para ser sepultado em Manaus.

Nesta sexta-feira um passageiro foi resgatado com vida por pescadores da região. O barco saiu de Manaus no dia 13 de junho e deveria chegar a Carauari na quinta-feira (20). Havia 97 passageiros na embarcação, que naufragou nas proximidades da comunidade do Bacaba.

São aproximadamente três horas de distância entre a sede da cidade e o local onde o houve o naufrágio, em região remota do Rio Juruá.

O GLOBO

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco