NOSSAS REDES

ACRE

Bocalom visita o Ramal do Mutum e apresenta projetos para agricultura familiar

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Tião Bocalom (Progressistas), candidato à Prefeitura de Rio Branco, cumpriu extensa agenda no sábado, 3, no Ramal do Mutum, zona rural da cidade, e diversas outras localidades na área urbana. Na primeira etapa do dia, ele dialogou com os produtores rurais sobre projetos para alavancar a agricultura familiar e ouviu as necessidades que a comunidade possui. O setor é uma das prioridades do Plano de Governo elaborado pela coligação “Produzir para Empregar”.

O progressista foi acompanhado pela candidata à vice-prefeita, Marfisa Galvão (PSD). Durante a caminhada pelo ramal, Bocalom encontrou com produtores de cana de açúcar, verduras e legumes, laticínios e diversos outros produtos. Ele também conheceu uma fábrica de tijolos no local. Na ocasião, ele reafirmou o compromisso de ofertar toda a estrutura necessária para colaborar com a melhoria e aumento do volume produzido pelos moradores da região em vista da geração de emprego e renda.

“Um dos produtores que conheci é formado em Agronomia, está aplicando o conhecimento na comunidade em que vive e empreendendo a partir da formação. Sempre defendi esta ideia de que as pessoas que estudam precisam empreender nas respectivas áreas. O que vi neste caso é o empreendedorismo rural, que é um sonho meu para Rio Branco. Isso cria oportunidades porque quando há produção primária, a secundária e a terciária são naturais. É necessário dar atenção aos produtores”, disse Bocalom.

O candidato afirmou que dará o apoio do Município para garantir a trafegabilidade dos dois mil quilômetros de ramais da capital durante todo ano, reassumirá a responsabilidade da infraestrutura desses locais, ofertará assistência técnica e mecanização agrícola nas comunidades. “Em Rio Branco, são importados mais de R$ 500 milhões em alimentos por ano. Se o poder público dá as condições para a agricultura local, é um valor que fica na cidade, gera um grande volume de consumo e fortalece a economia”.
 
Morador do Ramal do Mutum, o produtor Elizon Queiroz afirmou que acredita em Bocalom por ele representar a população rural. “Ele sempre batalhou por esta área, assim como as outras, para o desenvolvimento da zona rural. Há muito tempo acompanho e analiso o seu projeto e acredito que ele cumprirá com as propostas apresentadas para o povo. Para mim, Bocalom representa uma grande mudança e estamos muito necessitados de que isso aconteça para que a gente tenha um futuro bem melhor”, falou.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat